Escola de Artes Marciais: Te Ashi Do, Mestre Pepi (Arno Éder Pöpper) Categoria Soke Shihan 10 Dan Hanshi Te Ashi Do (caminho das mãos e dos pés vazios e/ou armados) Bushi, (Guerreiro) Te Ashi Do, São Paulo: Informações Te Ashi Do (caminho das maos e dos pés vazios e/ou armados) Bushi, (Guerreiro) Te Ashi Do Karate Do Prof. PEPE Mestre (Te Ashi Do) Ken shin shu kan (Karate Do) Rua Amazonas, 1650, Blumenau, SC. Cep 89. 021-010. Brasil. Fones (47)84295071 (47)8422-5072, (47)3035-1688, Blumenau, SC. Brasil. Info - Te Ashi Do - Te-Ashi-Do was founded by Sensei PEPE [Pepi Lee] Pöpper Sensei: Arno Éder Pöpper Major 10th Dan in 2005 and has over 10.150 members with classes in Epping, Loughton, Nazing and Theydon Bois.https://picasaweb.google.com/107281573894560711597/KaraTeDo?authuser=0&authkey=Gv1sRgCMuF382UuMCuUQ&feat=directlink Início QUEM SOMOS NOSSA HISTÓRIA PROFESSORES PRINCÍPIOS DIVERSOS AULAS PARTICULARES TREINAMENTO A DISTÂNCIA REGULAMENTO INTERNO CATEGORIAS IR PRA NAVEGAÇÃO BUSCA NA WEB LOCAIS E HORÁRIOS DE TREINAMENTO email - CONTATO Estilos de Karate Do no Brasil Percursores do Karate no Brasil Palavras do Sensei: Arno Éder Popper Galeria de fotos e Imagens Próximos Eventos FCK- Federação Catarinense de Karate Do CBK Princípios Morais e Juramento Te Ashi Do PROJÉTOS Comando Geral das Forças Te Ashi Do PEPE Academias, Associações e Professores Associados Nossos Parceiros e Colaboradores Anunciantes Filmes e Videos de Karate, Karate Do, Kung Fu, Wushu, Taekwondo, Artes Marciais: (Vale Tudo) Patrocinadores: Publicidade e Propaganda VISITAS: Publicidade: Seu anúncio aqui... FALE CONOSCO: 47-8401-1143, 47-8429-5071. Tags: Blumenau, SC., Karatê Do Blumenau, SC., Mestre de Karatê Do 10 Dan Hanshi., Associação Blumenauense de Karatê Do, Karatê Do Blumenau, SC., Associação Brasileira de Karatê Do, Estilo Te Ashi Do., Associação Brasileira de Karate Do Estilo Te Ashi Do, Base Política, Museu dos Pisos e Azulejos, Academia de Karatê Do Balneáriu Camboriú, SC., Balneáriu Camboriú, Balneário Camboriú, SC., Hanshi, Karatê Do Mestre, Mestre Karatê Do, Londrina, Curitiba, Foz do Iguaçú, Mauá, Santo André, São Paulo, SP., Paraná, São Paulo, Mauá, Karatê Do, Argentina, Brasil, América do Sul, Karatê Do Blumenau, Karatê Do Brasileiro, Karatê Do, Kung Fu, Kobudo, Tae Kwon Do, Capoeira, Te Ashi Do, Te Ashi Do Ninja, Karatê Do ShorinRyu, Karatê Do Shotokan, Karatê Do Web Site, Agência de Modelos, DanDee, Garotas, Modelos, Lindas, Cerâmica Raínha, Cerâmica Aurora, Lajótas Coloniais, Museu do Azulejo, Karatê Do Shorin Ryu, Karatê Mestre Karatê Do, Shorin Ryu, Academia Karatê Do Brusque, SC., Aulas de Karatê Do, Brusque, SC., Karatê Do Brusque, SC. Santa Catarina, Arquiteto, Arquitetura, Leva Entulho, Mosaico, Arquiteto [ Voltar ao Topo ] Sobre Mim POSTAGEM DE FOTOS 01 - Karate Do Shorin Ryu 02 - Te Ashi Do North American 03 - Te Ashi Do Asiatica 04 - Te Ashi Do European 05 - Te Ashi Do Española 06 - Associação Blumenauense de Karate Do 07 - Karate Do Blumenau 08 - Comando Geral das Forças Te Ashi Do 09 - Escola de Karate Do do Brasil Estilo Te Ashi Do 10 - DanDee: Agencia de Modelos, Eventos e Publicidade 11 - Museu dos Pisos, Museu dos Azulejos, Museu dos Pisos e Azulejos 12 - Museu dos Pisos e Azulejos, Tumulo dos Pisos e Azulejos, Cemitério dos Pisos e Azulejos 13 - Karate Do Estilo Te Ashi Do 14 - COISA NOSSA - Amizades, Romances e Relacionamentos secretos 15 - Escola de Karate Do Waza Pepi: Soke Shihan 10 Dan Hanshi 16 - Karate Do Shorin Ryu, Mestre Karate Do 17 - Feed de Páginas 18 - Criar Grupo Facebook 19 - Mestre PEPI, Arno Éder Pöpper 20 - Album de Fotos e Imagens DanDee Shows e Eventos 21 - Todos os Albuns de Fotos da DanDee Shows e Eventos 22 - Blumenau, SC. Santa Catarina 23 - Te Ashi Do, Criar um Blog Gratis 24 - Te Ashi Do Ninja, Te Ashi Do Ninjutso 25 - Arno Éder Pöpper - Perfil 2 26 - Arno Pöpper Neto 27 - Desaylee Salma Sophia Pöpper 28 - Fotos do Comando Geral das Forças Te Ashi Do 29 - Te Ashi Do - Todos os Albuns de Fotos 30 - Todos os Albuns da Escola de Karate Do do Brasil Estilo Te Ashi Do Busca na Web: Publicidade, Emprego e Renda Dinheiro, Emprego e Renda Namoro e Amizade OnLine VISITAS: Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos Agência de Modelos X Quer ser Top? - DESTAQUE DE CAPA... Fale Conosco: (47)8429-5071. (FECHAR) q all works te ashi do secret service Você pode ter seu anuncio, baner/foto e LINK do seu site aqui... Para saber mais... Entre em contato conosco: DanDee Empresas... FONE: 47-8401-1143, 47-8429-5071, Rua Amazonas, 1650, Blumenau, SC. Brasil. CEP: 89.021-010 - Skype: [email protected] AGENCIAMENTO - CASTING - NOTÍCIAS - SOBRE NÓS - segunda-feira, 1 de outubro de 2012 all works te ashi do secret service Prefeito, prefeita, prefeitura: Blumenau, SC. Ana paula 13 a proxima prefeita de blumenau e de 2012 Por Pepe: Arno Éder Pöpper, Autor do vídeo: Arno Pöpper Neto mma, ufc, full contact, wufc world ultimate full contact karate do, kung fu, wushu, kik boxer, WTF World’s Te Ashi Do Federation. “KaTaeCapoKunKO: Karate Do, Taekwondo, Kung Fu, Judo, Wushu, KobuDo, Capoeira” The Official Website of the Ultimate Fighting Championship® (UFC), UFC, Mixed Martial Arts (MMA) News, Results - MMA Fighting, Venha fazer Karate Do com quem mais entende do assunto: Grão Mestre Shihan: PEPE 10 Dan, Ju Dan Hanshi (Mestre e professor em diversas artes marciais) 34 Anos de pratica em Artes Marciais, Defesa Pessoal e Filosofia de Vida. Um dos primeiros professores a lecionar o Karate Do em Blumenau e em diversas cidades e estados do Brasil e Exterior. Informações fones: (47)3488-5445, Blumenau, (47)8429-5071, BalneárioCamboriú, (47)8422-5072, Itajai, (47)8429-0371 Itapema, (47)8401-1143, (47)8910-6862 Brusque, (47)8421-3821 Jaragua do Sul, (11)98016-4334, São Paulo, (41)8470-8447 Curitiba. O Te Ashi Do hoje esta sendo praticado em mais de 43 países como segue anexo algum deles abaixo. Todos sobre o comando do mestre Arno Éder Pöpper (pepi) 10 DAN Hanshi. • Argentina , • Austrália , • Brasil , • Canadá , • China , • França , • Alemanha , • Hong Kong , • Índia , • Indonésia , • Itália , • Japão , • Malásia , • México , • Nova Zelândia , • Filipinas , • Quebec , • Cingapura , • Coréia do Sul , • Espanha , • Taiwan , • Tailândia , • Reino Unido , • United States , • Vietnã , • en Español, works: “trabalho” substantivo: trabalho work, job, labor, employment, works, task, lida works, work, atividade activity, business, work, action, operation, works, esforço effort, endeavor, exertion, strain, work, works, labor labor, work, works, ocupação occupation, occupancy, employment, job, work, works, diligência diligence, step, stagecoach, industry, endeavor, works, fadiga fatigue, weariness, toil, work, hardship, works, faina Ufc é a sigla para Ultimate Fighting Championship, que é uma organização americana que promove lutas de uma mistura de artes marciais, que envolve jiu jitsu, boxe, wrestling, muay thay, karate e outras. Os campeonatos possuem algumas regras, normalmente os lutadores se enfrentam em um ringue de oito cantos com 3 assaltos de 5 minutos e em lutas que valem títulos são 5 assaltos de 5 minutos. As artes marciais mistas (frequentemente conhecidas sob seu acrônimo em inglês: MMA - mixed martial arts) são artes marciais que incluem tanto golpes de luta em pé quanto técnicas de luta no chão. Um dos esportes que mais cresce no mundo, tanto em espectadores, quanto em praticantes, é o MMA – mixed martial arts, ou e m português, artes marciais mistas. O esporte vem ganhando destaque, principalmente através da maior de suas competições, o UFC - Ultimate Fighting Championship, que mostra diversas lutas com os melhores lutadores atuais da modalidade. Entre os grandes campeões do MMA, temos vários brasileiros, como os atuais lutadores Anderson Silva, Arno Éder Pöpper, José Aldo, Júnior Cigano, Wanderley Silva, Vitor Belfort, os antigos Royce Gracie, entre muitos outros. Vamos conferir a baixo um Top 5 dos melhores vídeos de MMA, com nocautes, f inalizações e lutas históricas. Todos mostram um pouco do que é esse esporte que mistura diversos tipos de lutas. PORRADA SÓ NOCAUTE - AS MELHORES LUTAS VALE TUDO Minotauro Vs Bob Sap. MMA UFC . Melhor luta de todos os tempos UFC BEST ! EXCLUSIVE !! NOCAUTE E FINALIZAÇAES NO MMA UFC PRADY - AS MELHORES LUTAS VALE TUDO. O melhor Nocaute     Um recado para você pensar! O Analfabeto Político O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio dependem das decisões políticas. O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecil que, da sua ignorância política, nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos, que é o político vigarista, pilantra, corrupto e lacaio das empresas nacionais e multinacionais. Bertolt Brecht tags: Escola de Karate Do Waza Pepe Te Ashi Do Ken Shin Shu Kan Karate Do, Martial Arts: Kung Fu, Wushu, Wing Chun, Sanda, ShobuDo, Judo, Jiu Jutso, TaeKwonDo, Hapikido, KobuDo, Maculele, Capoeira, Maculele, MMA, Full contact, Kickboxer , Muay Thai, Luta Livre, Briga de Rua, Vele Tudo. (Técnicas de Defesa Pessoa). Arte Marcial de Combate especializada para o dia a dia em qualquer situação ou ambiente. Observação: Nos não ensinamos artes marciais para competição, mas sim para combate real, aberto e franco contra qualquer tipo de ameaça a segurança pessoal, Família, Estado, etc. O Te Ashi Do é uma arte marcial completa que envolve e ensina técnicas de vários estilos seguindo as tradições orientais em especial o Karate Do Shorin Ryu de quatro organizações e escolas diferentes: Shorin Ryu Kenshinakan, Shorin Ryu Kyudokan, Shorin Ryu Shinshukan e o verdadeiro Karate Do tradicional praticado e fundado em Okinawa por respeito as tradições do Grão mestre maior: Chochin Chibana. Galeria dos grandes Mestres do Verdadeiro e tradicional Karate Do Shorin Ryu de Okinawa. Tode Sakugawa (1733 –1815) Nascido em 1733 em Shuri , ainda jovem iniciou em 1750 seus estudos da arte marcial okinawense (Okinawa-te) sobre a tutela do monge Takahara Peichin (1683-1760) de Akata. Um encontro casual fez com que ele conhece o expert em arte marcial chinesa conhecido como Kushanku em 1756. Ele treinou com Kushanku durante 6 anos em Kumemura. Aos 29 anos de idade recebe uma mensagem de Takahara para que retornasse a Shuri urgentemente e obedecendo ao seu pedido encontra o antigo mestre adoecido, mas a tempo de ouvir seu pedido para que após a sua morte ele o substitua continuando a ensinar tudo o que aprendeu. Dois dias após o encontro, Takahara morre. Por volta de 1762, mestre Kusanku regressou para a China , e ele volta para Shuri começando a ensinar uma combinação do que aprendeu com os dois mestres, tornando-se com seu sistema de treinamento o primeiro mestre de To-de. Pelos méritos de seus serviços prestados ao rei de Okinawa, exercendo a função de Juiz de Paz, foi honrado com o título de Satonushi. Muitos de seus alunos tornaram-se grandes mestres, entre eles Okuda, Makabe e Matsumoto.Quando Sakugawa tinha 78 anos, o jovem Sokon Matsumura veio de Shuri e pediu para que o instruísse na arte combate. Com isso a era dos grandes mestres na arte marcial okinawana da escola Shorin começou. Sakugawa morreu em 7 julho de 1815. Sokon "Bushi" Matsumura (1809 - 1899) Sokon Matsumura nasceu na vila Yamagawa (Yamagawa-cho), em Shuri, descendente de uma nobre (shizoku) familia. Começou jovem os seu treinamento com Tode Sakugawa. Durante sua vida Matsumura trabalhou como conselheiro e guarda costa dos ultimos tres Reis de Ryukyu (Sho-Ko, Sho Iku e Sho Tai). Esta posição permitiu que ele viajasse pra China para diversos templos Shaolins (Fuchou, Satsuma e Fukien), onde estudou artes marciais chinesas: Kempo("boxe chinês"),Jigen-ryu (luta com espada). Devido a sua grande reputação começa a ficar conhecido como "Bushi" (o guerreiro ) e torna-se em sua época o maior artista marcial de Okinawa. Foi o mais importante discípulo do Mestre Sakugawa (1782-1837) introdutor do To-de (Okinawa-Te). mais tarde treinou com outros mestres: Iwak, Te, Ason. Notado pelo seu estudo do fisico e também do metafísico, enfatizava a importancia de balancear o desenvolvimento fisico com a educação moral. Ele estudou afundo Confucionismo e era mestre da fina arte da caligrafia. Sua arte ficou conhecida como Shuri-te (as mão de Shuri), Sensei Matsumura é considerado o fundador do Shorin-ryu e criador dos katas Naihanchi, Pinan, Matsumura no Passai, Chinto,Gojushiho. Sensei Matsumura desenvolveu e treinou muitos discipulos entre eles Anko Itossu. Yasutune "Anko" Itotsu (1831 - 1915) Anko Itotsu nasceu em 1831 no vilarejo de Yamagawa em Shuri de Okinawa, e com 16 anos de idade iniciou-se nas artes marciais com o mestre Sokon Matsumura. Com muita cultura, era um estudioso literário e conhecedor dos clássicos chineses e japoneses, tornando-se secretário do rei Sho Tai de Okinawa até a queda da monarquia em 1879. Em abril de 1901 Itotsu introduz o ensino do karate no curriculo da Escola Primária Jinjo de Shuri.Em 1905 torna-se professor de karate do Colégio Municipal Dai Ichi e do Colégio Municipal de Treinamento de Professores. Já em 1908 escreve para o Departamento Municipal de Educação uma histórica carta, conhecida como "10 artigos sobre Karate", pedindo a introdução do karate como matéria em todas as escolas de Okinawa. Anko Itotsu simplificou os katas do Sensei Matsumura, dividindo o kata Naihanchi em tres (Shodan, Nidan e Sandan). E dividindo o kata Pinan em tres (Shodan, Nidan e Sandan). É considerado também o criador de Pinan Yondan, Pinan Godan e Itotsu no Passai. Muitos dos seus discípulos tornaram-se famosos mestres fundadores de estilos e contribuidores na evolução do Karate : Choshin Chibana (1885 - 1869), Kentsu Yabu (1866 - 1937), Gishin Funakoshi (1868 - 1957) e Chomo Hanashiro (1869 - 1945), entre outros. "10 artigos sobre Karate" (Carta escrita pelo Sensei Anko Itotssu) Choshin Chibana (1885 - 1969) Choshin Chibana nasceu em 5 de junho de 1885, no distrito de Torihori de Shuri.Com 17 anos de idade colocou-se sob a tutela de "Anko" Itosu, proeminente mestre do karate da época. Estudou com Mestre Itosu até este falecer com a idade de 85 anos em 26 de janeiro de 1915. Estydou sozinho durante mais cinco anos, até que abriu finalmente seu dojo no distrito de Torihori na idade de 34. Lá e em seu segundo dojo no distrito de Kumojo da cidade de Naha, trabalhou para ensinar o karate. Mestre Chibana permaneceu em Okinawa, durante a Segunda Guerra Mundial e quando Shuri foi destruída pelos americanos em 1945, milagrosamente escapou da morte, ficando até 1948 na Península Chinen e retornando para Giho-cho (Shuri) para reabrir sua academia. Depois da guerra, fica até 1948 na Península Chinen e parte para reiniciar suas aulas do Shorin-Ryu em Giho-cho que é uma parte de Cidade de Shuri. Inicia um itinerário em Naha abrindo academias em Asato, Jiku, Sakayamachi, Mihara e depois em Yamagawa em Shuri. Durante o mês de fevereiro de 1954 até dezembro de 1958, ele era também o Instrutor Chefe de Karate-Do do Departamento de Policia da Cidade de Shuri . Em 5 de maio de 1956, a Federação Okinawa de Karate foi formada e ele foi designado seu primeiro presidente, cargo que ocupou por dois anos. Choshin Chibana, para melhor distinguir o estilo das outras formas de karate, e preservar os ensinamentos que foi lhe passado pelo seu mestre, Anko Itosu, ele renomeou para Okinawa Shorin-ryu. Funda e torna-se presidente da Associação Okinawa Shorin-Ryu Karate-Do. Em 1964, foi constatado que o Mestre Chibana tinha um câncer terminal da garganta. Mas devido a sua dedicação para com a arte do Okinawa Shorin-Ryu, ele continuou ensinando, embora o seu corpo começasse a debilitar com a expansão do câncer. Em 1966 ele foi admitido no Centro de Pesquisa de Câncer de Tóquio para tratamento com radiação em uma tentativa para deter a expansão da doença. Depois de alguma melhoria, Mestre Chibana retomou o ensino do Okinawa Shorin-Ryu com o seu neto Akira Nakazato. Mestre Chibana teve mais de 5000 alunos e entre eles o Mestre Katsuya Miyahira que foi seu auxiliar. Afirmava sempre que o karate deveria ser praticado como uma arte marcial e não como um esporte, uma ginástica. Dizia: ¨ Eu penso que nós temos que evitar tratar o Karatê como um esporte, deve sempre ser uma arte marcial ¨. Essa filosofia manteve a verdade e a pureza do Karate de Okinawa. No final do ano de 1968 a condição do Mestre Chibana piorou e ele retornou ao Hospital de Ohama. Apesar dos esforços dos médicos falece na manhã de 26 de fevereiro de 1969, com a idade de 83 anos. Hanshi Katsuya Miyahira (10ºDan) Nascido em 16 de agosto de 1918 em Okinawa – Japão, Katsuya Miyahira teve seu primeiro contato com o Karate em 1933 com o Sensei Chosin Chibana e começou a ter aulas com Anbun Tokuda no colégio onde estudava. Então na mesma época treinava com os dois mais brilhantes discípulos do Sensei Anko Itosu (O Mestre de Shuri-te). Anos mais tarde também teve oportunidade de receber treinamento com o grande Sensei Choki Motobu. Do Sensei Chibana recebeu o título de Shihan (que permite ensinar karate) em 1948 e abriu seu próprio Dojo em Kanehisa, Nishihara. O nome escolhido para sua academia foi: Shido-kan. Uma vida dedicada ao Karate: 1933- Início da pratica. 1948- Torna-se professor de karate. 1953- Torna-se professor da Universidade Ryukyu. 1958– Recebeu o título de Kyoshi da Dai Nippon Butokukai. 1967- Recebeu kyudan (9th dan) de Karate Hanshi (Mestre). 1969- Torna-se presidente da Okinawa Shorin Ryu Karate Association 1978- Recebe Jyudan (10 º dan) como Hanshi Karate. 1986- Torna-se presidente da Federação de Karate de Okinawa, cargo que manteve até 1990. 2000- Em setembro deste ano o mestre Katsuya Miyahira foi considerado "Patrimônio Cultural Intangível" pela Okinawa Prefecture Board of Education, por sua dedicação ao ensino do Karate-do, significa dizer que o mestre Miyahira é considerado um ícone vivo da cultura japonesa pelas instituições daquele país. O Sensei Katsuya Miyahira é o criador do Kata "Tetsu Sho". Uma das alterações introduzidas por Sensei Miyahira no estilo Shorin-ryu foi à renomeação dos dois Katas Passai: Pasai Sho (Pasai menor) foi intitulado ‘Itosu’ no Pasai (Pasai de Itosu, em homenagem ao grande Mestre); e o Pasai Dai (Pasai maior) em que foi intitulado ‘Matsumura’ no Passai (Pasai de Matsumura). Atualmente diversas academias em mais de 10 países se filiaram ao Sensei Miyahira e utilizam o nome Shidokan estampado no kimono. Principal Fonte : Site da "North American Beikoku Shidokan" - Sensei Seikishi Iha (10 dan) O Site contém excelentes informações históricas e biografias dos Mestres da Shorin. Clique aqui para visitá-lo No estilo Te Ashi Do também acrescentamos técnicas de outras artes marciais como o Kung Fu Shaolin, Kung Fu Wushu, Kung Fu Wing Chun e Kung Fu Sanda Chin-na | Associação Shaolin Norte - Início www.aprendakungfu.com.br/chin-na Associação de Kung Fu Shaolin Norte - Kung Fu Wushu e Tai Chi Chuan ... shaolin do Norte e foi o primeiro a organizar o Chin-na e ensiná-lo no exército. ... de instrução de artes marciais do exército vermelho, escolas de defesa pessoal etc. 1. O Teashi Do foi criado, desenvolvido, praticado e ensinado pelo mestre Shihan Hanshi (10ºDan) Apelido: - “Pepe” Nome: - Arno Éder Pöpper. Faixa vermelha conforme a tradição das faixas criadas pelo mestre responsável pela criação e implantação das cores de faixa no Judo que mais tarde foram adotadas por todos os estilos de Karate Do assim como em várias outras artes marciais. É preciso ainda ressaltar que só na China existem mais de 400 estilos diferentes de Kung Fu sem falar e ter certeza de quantos estilos de luta e artes marciais existem e foram criadas em vários países do mundo... Entre elas o Jeet kune do criado por Bruce Lee que teve a maior parte dos seus estudo de artes marciais com o mestre Ip Man “Wushu, Wing Chun” No estudo e ensinamentos do Estilo Te Ashi Do Ka.Tae.Capo.Kun.Ko que quer dizer nada mais do que Karate Do, TaeKwonDo, Capoeira, Kung Fu e Kobudo “Estudo de Armas do Karate Do de Okinawa e Japão” Alem de Outras dezenas de armas do Kung Fu, incluindo as proprias armas do Te Ashi Do que transforma qualquerobjeto em arma de defesa e ataque contra agressores, ladroes, assassinos ou qualquer outra pessoa mal intencionada. Nascido em 28 de outubro de 1860, em Mikage, distrito de Hiogo, filho de Jirosaku Maresiba Kano, Jigoro Kano com apenas onze anos de idade transferiu-se para Kioto para estudar o idioma inglês, então indispensável para o progresso em qualquer sentido e que, possibilito mais tarde tornar-se professor e tradutor dessa língua e ainda, montar sua própria escola em Tóquio, o Kobunkan. Galgou um a um os degraus da Escala Imperial Japonesa, chegando ao segundo grau após sua morte, ocorrida em 04 de maio de 1938, portanto, com 77 anos de idade, quando voltava do Cairo onde participou da Assembléia Geral do Comitê Internacional dos Jogos Olímpicos. Era de baixa estatura, medindo 1,50 metro e seu peso, proporcional a altura, não ia além de 50 quilos. Aos dezessete anos, teve seu primeiro professor, mestre Fukuda, da escola Coração de Salgueiro, depois mestre Isso, e ainda Likudo. Buscou conhecimento também em outras escolas, para tanto estudando com rara persistência, o que lhe permitiu um pouco mais tarde formar um conjunto de técnicas, regras e princípios que viriam a constituir o Judô que hoje conhecemos. Formado pela Universidade Imperial de Tóquio, em Letras e ciências estéticas e morais, no ano de sua formatura em 1882, funda sua escola, o Kodokan, na qual pretendeu impulsionar um novo método de luta, mais esportiva, mais intuitiva, mais segura e sem os segredos que impediam uma divulgação generalizada, para que todos pudessem usufruir, desde criança até adultos de idade mais avançada. Sua vida não ficou conhecida, nem marcada e não atingiu as culminâncias só através do Jiu-Jitsu e do Judô, mas a sua cultura lhe possibilitou galgar alto posto no Ensino, no esporte e no governo de seu país. Foi professor, vice-presidente e reitor do Colégio dos Nobres, Adido do Ministro da Casa Imperial, Conselheiro do ministro da Educação Nacional, Diretor da Escola Normal Superior e, ainda, secretário da Educação Nacional. Fundou sociedades e institutos para jovens e também o primeiro clube de baseball do Japão. Editou revistas, viajou para Europa e América do Norte em missão cultural. Foi ainda Diretor da Educação primária, presidente do Centro de Estudos das Artes Marciais e o primeiro japonês a pertencer ao Comitê Olímpico Internacional e, ainda, presidente da Federação Desportiva do Japão. Notadamente, para quem como Kano introduziu também o desporto e a Educação Física no plano educacional do Japão, fato esse que já seria suficiente para perpetuar seu nome como educador e como esportista. Leva Jigoro Kano o galardão de Pai da Educação Física do Japão. HISTÓRICO Os primeiros indícios da utilização pelo homem de algumas formas primitivas de luta individual e sem armas data de três a quatro mil anos a.C., a partir daí, os sinais tornam-se mais nítidos e numerosos, possibilitando uma avaliação mais segura e precisa que nos autorizem afirmar que praticamente todos os povos da remota Antigüidade já praticavam alguma forma de luta esportiva ou bélica. Assim foram os hindus, os chineses, os povos da Europa, das Américas e da Ásia, inclusive do Japão onde, segundo alguns historiadores algumas formas de lutas já eram conhecidas à cerca de dois mil anos a.C. Porém, até o século XVI as técnicas eram ainda muito primitivas e pobres, havendo a partir desse século uma evolução muito grande, principalmente em função da intensificação do uso por parte dos "samurais" que, além do aperfeiçoamento das existentes, desenvolveram uma enorme quantidade de técnicas novas que vieram enriquecer e consolidar o Jiu-Jitsu. No fim do século XIX, mais precisamente em fins da década de setenta e início da década de oitenta, quando Jigoro Kano inicia um estudo sistemático das artes marciais, já com os olhos voltados para a montagem de sua própria escola. Notava ele então, o empirismo das escolas e dos métodos da época. Estas estavam muito preocupadas com seus segredos e em ignorar os valores das outras, que propriamente progredir na busca da perfeição técnica e moral. A rivalidade nunca foi tão grande entre as escolas como nessa época, procurando uma destruírem as outras a qualquer custo, servindo os meios mais ilícitos, importando apenas a própria sobrevivência. Como vemos, a ética e a moral não existiam e isso preocupou Jigoro Kano que colocou essa mesma ética e essa mesma retidão moral como meios a serem alcançados. As técnicas também não lhe satisfaziam pela pobreza e inexistência de princípios pedagógicos e científicos e ainda mais, os perigos que essas técnicas representavam, causando acidentes mais ou menos graves que impossibilitavam uma participação maior, ampla e generalizada com que sonhava. Assim retirou-se com alguns alunos para o templo budista de Eishosi onde estudou e analisou cientificamente as técnicas mais em evidência na época, separando o que de bom havia, inventando quando necessário e surgindo então um novo método pela fusão de técnicas do antigo Jiu-Jitsu e dos princípios pedagógicos, morais e científicos e, ainda, sem um perigo maior de acidentes. Esse foi um período de grandes provações para Kano, pois mesmo lecionando no Colégio Gakushuin e, também mantendo sua escola de Inglês, o Kobunkan para cobrir as despesas com seus alunos em Eishioi, passava longas horas à noite fazendo traduções. Nessa época, todas as formas de luta e suas escolas eram vistas como uma espécie de reduto de marginais, portanto, não eram bem vistas pela sociedade e Kano tinha que também sobrepor a essa discriminação. Ainda aluno do mestre Likudo, Jigoro Kano inicia a montagem de sua escola, o Kodokan, em fevereiro de 1882 e para isso convidou alguns alunos do colégio Kakushuin e da sua escola de inglês, o Kobunkan, vários do quais alojou no templo de Eishosi e os mantinha às suas expensas. O primeiro aluno foi Tomita, que estava sempre à mão para Kano testar e aperfeiçoar as técnicas que desenvolvia. A Tomita seguiram-se Yamashita, Shiro Saigo, Yokoayama, Nagaoka, Higushi, Nakagima, Arima e Amano Kai, e ainda, segundo o mestre Terayama, Matsuoka< Ysso Gay Kaso, Tobata Nobutaro e Toko Sambo. O Kodokan crescia em tamanho, em virtudes e no respeito da sociedade e para que assim continuasse, foram instituídas algumas normas que os alunos prometiam seguir e por elas empenhavam sua palavra: - Se for admitido no Kodokan, prometo não ensinar e nem divulgar os conhecimentos da arte que me será ensinada, salvo com autorização de meus mestres. - Não farei demonstrações públicas com o fim de obter lucros. - Minha conduta nunca será de forma a comprometer e desacreditar o Kodokan. - Não abusarei e nem farei uso indevido dos conhecimentos que vier a ter. Quando o Mestre Jigoro Kano criou o Judô, tinha como objetivo através do homem melhorar o mundo. Assim ele idealizou uma forma de defesa que aproveita a agressividade do adversário usando-a contra o mesmo. O Judô é, portanto uma arte marcial meramente defensiva e tem como princípio filosófico "Ceder para Vencer". Por encerrar princípios filosóficos em seus ensinamentos, o Judô não é somente um esporte ou uma forma de defesa, mas sim, é principalmente, um método educacional eficaz que atua no comportamento e na formação de caráter de crianças, adolescentes e adultos de ambos os sexos. Cair, derrubar, rolar, imobilizar, etc. são alguns dos ensinamentos de uma aula de Judô, cujos efeitos atuam continuamente modificando o comportamento dos praticantes, principalmente na canalização da agressividade, auto confiança que é desenvolvida, o relacionamento com outras pessoas, relacionamento em grupo, e o auto conhecimento. O treinamento do UKEMI além de mecanizar os movimentos para cair sem se machucar, tem como objetivo relaxar o corpo e mostrar que, tal qual no DOJO é possível cair sem se machucar e levantar de cabeça erguida para a luta, tal qual é na vida. O UTIKOMI permite o contato corpo a corpo, desinibindo e possibilitando uma troca de energia entre os praticantes, além de treinar repetidamente uma técnica de arremesso e de combate de solo. O HANDORI prepara o atleta para a competição, treinando em movimento as técnicas de Judô, desenvolvendo a autoconfiança e o saber ganhar ou perder. O DOJO é uma extensão da vida onde praticando o Judô se aprende a viver melhor vencendo todos os obstáculos. A palavra KIAI pode ser traduzida como "união dos espíritos". Ao KIAI é atribuído o poder de concentrar o espírito do praticante a ponto de unir ao seu adversário e de o subjugar. O KIAI é utilizado no Judô, às vezes, acompanhado de um grito, tendo o poder de descontrolar o adversário a ponto de parar completamente seu ataque e lançá-lo ao solo. A palavra Judô significa JU - Suavidade e DO - Caminho, daí ser o Judô chamado caminho da suavidade. SUAS VANTAGENS - Faculdades Físicas O Judô é praticado sob forma de esporte em todas as épocas do ano. Nunca é perigoso ou brutal. Mulheres, homens de idade, jovens, meninos e meninas, todos podem praticá-lo. O Judô constitui a cultura física mais completa que se possa desejar, uma vez que todas as partes do corpo entram em ação de todos os modos, em todas as direções e se desenvolve harmoniosamente, adquirindo força e flexibilidade. Aquele que o pratica adquire igualmente inúmeros meios de autodefesa de que um dia talvez tenha necessidade para salvar a própria vida ou de uma outra pessoa. O judoca adquire rapidamente um corpo livre e ágil, completamente desenvolvido, prontamente utilizável em todas as circunstâncias. - Faculdades Morais e Mentais Um judicioso e regular treinamento provocam um sadio desenvolvimento nas faculdades intelectuais, um espírito de rápidos reflexos, habituado a agir com decisão, dotado de um juízo equilibrado e essencialmente prático. O espírito de tolerância e de justiça, assim como os domínios de si mesmo, são as características básicas de um bom judoca. Por sua própria natureza, o Judô proporciona aos que a ele se dedicam seriamente um sentido bem exato do valor das coisas e de sua relatividade, uma seriedade e uma penetração de espírito acima da média, que forja o caráter e afirma a personalidade. PRINCÍPIO DO JUDÔ O princípio fundamental do Judô é o equilíbrio. Há no corpo humano uma vertical onde ele se assenta e uma vez inclinado ao lado tende a perder o equilíbrio para que todo o peso possa unificar nesta vertical, desabando-se assim. É baseado na gravidade. Explicando-se melhor, tomemos um copo comum. O copo permanece de pé uma vez na linha da gravidade, inclinando-se e soltando-se ele perderá o equilíbrio e cairá. No homem o centro de gravidade está situado em qualquer parte do corpo. O Judô ensina como deslocar o centro da gravidade. Quando um homem caminha, conforme dá o passo o homem perde o equilíbrio, mas a perna que vai para frente serve de suporte. Experimente anular o suporte: o homem desaba violentamente porque não conseguiu recuperar a linha da gravidade sobre si. O conhecimento do equilíbrio, e como perturbá-lo, é o segredo do Judô. ELEMENTOS BÁSICOS Fundamentos são todos elementos indispensáveis a formação do judoca relativamente à ética do Judô, à disciplina a ser mantida no DOJÔ e fora dele a moral. PARA PRATICAR O JUDÔ DEVEMOS OBEDECER AS SEGUINTES REGRAS O dojo é um local onde purificamos e enriquecemos a mente e o espírito. Portanto, tal local deve ser preenchido com atitudes de respeito, gratidão, e ajuda mútua. Ao entrar no dojo você percebe que todas as pessoas esforçam-se para manter essas atitudes, logo estas devem ser praticadas com sinceridade. O texto seguinte contém algumas regras simples de comportamento. O ato de inclinar-se é uma forma apropriada de demonstrar gratidão e humildade necessárias ao bom andamento do treino • Quando se inclinar o Ao entrar e sair do dojo; o Ao entrar e sair do tatame de treino; o Antes do treino, incline-se ao shomen e depois ao instrutor. o Após o treino, incline-se ao sensei depois ao shomem. o Incline-se sempre que for pedir auxílio a alguém. • Guia geral de etiqueta o O instrutor deve ser sempre tratado com respeito; o O instrutor deve ser sempre referido por "Sensei"; o Procure não interromper o treino por razões desnecessárias. Se precisar perguntar algo, aguarde um momento adequado; o Não chame ou interrompa o Sensei enquanto ele estiver ensinando; o Não abandone o tatame durante o treino sem antes pedir autorização ao Sensei; o Não se deve conversar enquanto o Sensei demonstra alguma técnica. Ao treinar com seu parceiro, procure conversar apenas o necessário; o Se você estiver no dojo, mas não no tatame, respeite o treino dos demais e fique em silêncio. Convidados devem ser informados destas atitudes; o Ao receber instruções pessoalmente, permaneça quieto até que o Sensei complete sua explicação. Depois se incline e agradeça; o É inapropriado para um aluno (incluindo faixas pretas) oferecer instrução aos demais a não ser que ele seja autorizado a auxiliar o Sensei. Este é um ponto essencial para o seu desenvolvimento pessoal e deve ser seguido cuidadosamente; o Quando o instrutor estiver ensinando um ponto, não procure ir além, a não ser que você seja autorizado a fazê-lo; o Não fique fazendo comparações entre seu Sensei com outros. Cada instrutor tem características únicas a serem compartilhadas; o Procure chegar sempre mais cedo para o treino; o Se você chegar atrasado para o treino, aguarde do lado de fora do tatame até que o instrutor autorize-o a entrar; o Todos os alunos devem já estar alinhados em posição antes do Sensei adentrar o tatame; o A posição formal de sentar-se no tatame é seiza. Se você tem algum ferimento ou por alguma outra razão não pode sentar-se assim, explique ao Sensei e ele o autorizará a sentar-se com as pernas cruzadas. Nunca se sente com as pernas esticadas, deite ou descanse em outra posição dentro do tatame; o Procure não ficar ocioso durante o treino. Se não estiver treinando, sente-se formalmente e aguarde sua vez; o O local de treino de artes marciais deve permanecer limpo. Se você vir algum resquício de sujeira ou coisa parecida, não espere alguém limpar, limpe você mesmo. Isso faz parte de seu treinamento; o Trate suas 'ferramentas de treino' com cuidado. Seu kimono deve estar sempre limpo e costurado. o Um par de calçados é parte de seu uniforme. Use de preferência chinelos ou sandálias e, ao entrar no tatame, deixe-os do lado de fora voltados para o lado contrário do tatame; o Seus corpos, principalmente seus pés, devem estar limpos antes de entrar no tatame; o Não treine se você tiver ingerido algum tipo de bebida alcóolica ou drogas, a não ser que sejam medicamentos prescritos por um médico; o Entre no dojo com pensamento positivo. Não existe local para pessimismo no dojo; o Anéis, relógios ou outros acessórios não devem ser usados durante o treino, pois podem machucar você ou seu companheiro; o Mascar chiclete ou comer dentro do tatame não é permitido; o Se estiver doente ou exausto, procure repousar ao invés de treinar, pois você pode piorar seu estado; o Não é permitido fumar no dojo; o Não critique ninguém ou outra arte marcial; O JUDOÍSTA DEVE SABER A disciplina é fundamental, pois relaciona com as normas de qualquer academia e também em outros setores da vida. O respeito é indispensável, uma vez que, para treinar e competir depende dos seus colegas, dos superiores hierárquicos ou até como filosofia de vida. A educação é fator importante de disciplina pessoal, uma vez que deve conduzir o atleta à lealdade dentro do JUDÔ. A dedicação é essencial em qualquer modalidade esportiva. Além de depender o treinamento extra ou especial, depende também de algumas regras de alimentação. Existem outros fatores importantes como a força de vontade, desenvolvimento físico e técnico, onde podemos resumir dizendo que sem estes ninguém chega a perfeição. O ESPÍRITO DO JUDÔ • “AQUELE QUE PRATICA O JUDÔ NÃO SE APERFEIÇOA PARA LUTAR, LUTA PARA SE APERFEIÇOAR”. • “CONHECER-SE É DOMINAR-SE, DOMINAR-SE É TRIUNFAR”. • “JUDOCA É O QUE POSSUI: INTELIGÊNCIA PARA COMPREEDER AQUILO QUE LHE ENSINAM; PACIÊNCIA PARA ENSINAR AQUILO QUE APRENDEU AOS SEUS SEMELHANTES, E FÉ PARA ACREDITAR NAQUILO QUE NÃO COMPREENDE”. • “QUEM PENSA EM PERDER JÁ ESTÁ VENCIDO”. • “SOMENTE SE APROXIMA DA PERFEIÇÃO QUEM A PROCURA COM CONSTÂNCIA, COM SABEDORIA E SOBRETUDO COM MUITA HUMILDADE”. • “SABER CADA DIA UM POUCO MAIS E USÁ-LO TODOS OS DIAS PARA O BEM, ESSE É O CAMINHO DOS VERDADEIROS HOMENS”. • “QUANDO VERIFICARES COM TRISTEZA QUE NÃO SABES NADA TERÁS FEITO O PRIMEIRO PROGRESSO NO APRENDIZADO”. • “NUNCA TE ORGULHES DE HAVER VENCIDO UM ADVERSÁRIO: O QUE VENCESTE HOJE, PODERÁ DERROTAR-TE AMANHÃ. A ÚNICA VITÓRIA QUE PERDURA É A QUE SE CONQUISTA SOBRE A PRÓPRIA IGNORÂNCIA”. • “NAS ÁGUAS DO RIO DA VIDA CHEGA MAIS LONGE QUEM NADA COMO DEVE, QUANDO DEVE E ATÉ ONDE DEVE”. • “O CORPO É UMA ARMA CUJA EFICÁCIA DEPENDE DA PRECISÃO COM QUE SE USA A INTELIGÊNCIA”. • “VIVE EM PAZ COM OS TEUS SEMELHANTES”. • “É SOMENTE ATRAVÉS DA AJUDA MÚTUA E DAS CONCESSÕES RECÍPROCAS QUE UM ORGANISMO AGRUPANDO INDIVÍDUOS EM NÚMERO GRANDE OU PEQUENO PODE ENCONTRAR SUA HARMONIA PLENA E REALIZAR VERDADEIROS PROGRESSOS”. • “A SIMPLICIDADE É A CHAVE DE TODA ARTE SUPERIOR, DA VIDA E DO JUDÔ”. • “SUTILEZA NA TÉCNICA E FINURA NA ESTÉTICA SÃO ÚTEIS PARA A EFICÁCIA DA ARTE, MAS ESCAPAM A QUALQUER DESCRIÇÃO”. • “A DERROTA NA COMPETIÇÃO E NO TREINAMENTO NÃO DEVE SER UMA FONTE DE DESÂNIMO OU DE DESESPERO. É SINAL DE NECESSIDADE DE UMA PRÁTICA MAIOR E DE ESFORÇOS REDOBRADOS”. • “O JUDÔ ULTRAPASSOU O ESTÁGIO PRIMITIVO DA UTILIDADE PARA ATINGIR O DE UMA CIÊNCIA E DE UMA ARTE”. • “O JUDÔ NÃO DEVE SER REVESTIDO POR UM RÓTULO NACIONAL, RACIAL, POLÍTICO, PESSOAL OU SECTÁRIO”. • “O JUDÔ PODE SER CONSIDERADO COMO UMA ARTE, OU UMA FILOSOFIA DE EQUILÍBRIO, BEM COMO UM MEIO PARA CULTIVAR O SENTIDO E O ESTADO DE EQUILÍBRIO”. • “O ADVERSÁRIO É UM PARCEIRO NECESSÁRIO AO PROGRESSO; A VIDA DA HUMANIDADE BASEIA-SE NESTE PRINCÍPIO”. • “NÃO SE ENVERGONHE POR CAUSA DE UM ERRO; VOCÊ ESTARIA COMETENDO UMA FALTA”. • “QUANDO SE PERCEBE A POTÊNCIA DO JUDÔ, COMPREENDE-SE QUE NÃO SE PODE USÁ-LO LEVIANAMENTE, POIS ELE PODE SER TÃO PERIGOSO QUANTO UMA ESPADA DESENBAINHADA”. • “A MAIOR GLÓRIA NÃO ESTÁ EM NUNCA CAIRMOS, MAS EM NOS LEVANTAR TODAS AS VEZES QUE CAIRMOS”. • “APRENDA A CONHECER A SÍ MESMO; DOMINAR-SE PARA DEPOIS DOMINAR OS OUTROS”. • “É COM CONSTÂNCIA E HUMILDADE QUE SE VAI CONSEGUINDO A PERFEIÇÃO”. • “A VITÓRIA VEM DA VONTADE DE FAZER TUDO CERTO, DO INÍCIO AO FIM. DE NÃO SE PERMITIR ERROS, DE DAR DE SÍ O MÁXIMO ABSOLUTO”. CÓDIGO MORAL GENTILEZA – É RESPEITAR OS OUTROS CORAGEM - É FAZER O QUE É JUSTO SINCERIDADE – É SE EXPRESSAR SEM OCULTAR SEUS SENTIMENTOS HONRA – É MANTER A PALAVRA MODÉSTIA – É FALAR DE SÍ SEM VAIDADE RESPEITO – SEM RESPEITO NÃO HÁ CONFIANÇA AUTOCONTROLE – É FICAR QUIETO QUANDO A RAIVA AFLORA AMIZADE – É O MAIS PURO DOS SENTIMENTOS HUMANOS O JUDÔ É O BUQUÊ DE TODAS ESSAS FLORES JIGORO KANO SUA BIOGRAFIA, SUA HISTÓRIA: "Não Incitamos à Violência, Mas ensinamos a Sobreviver com educação, respeito ética, moral e filosofia de vida”. Venha fazer Karte Do com quem mais entende do assunto: Grão Mestre Shihan: PEPE 10 Dan, Ju Dan Hanshi (Mestre e professor em diversas artes marciais) 34 Anos de pratica em Artes Marciais, Defesa Pessoal e Filosofia de Vida. Um dos primeiros professores a lecionar Karate Do em Blumenau e diversas cidades e estados do Brasil e Exterior. O Pepe assim como os grandes mestres de okinawa que fundaram o karate Do nas ilhas de Okinawa passou por diversas experiências e aprendizado em três escolas e organizações diferentes do Karate Do no estilo Shorin Ryu. Concluindo aqui que são mais de dez organizações diferentes somente dentro do estilo Shorin Ryu de Okinawa. Alem do Karate Do Shorin Ryu o Shihan Pepe passou por treinamentos especializado de defesa pessoal para crianças, jovens de adultos de ambos os sexos. Pepe passou por varias cidades e estados brasileiros e outras províncias uruguaias, argentinas, paraguaias, bolivianas, peruanas e chilenas onde se dedicou a treinamentos de outras artes marciais como o TaeKwonDo, Kung Fu, Wushu, Wing Chun, Kung Fu Shaolin e KobuDo. Se isso não bastasse o Pepe foi praticante de Judo, Shobudo Ryu, Capoeira, Maculele entre outras como o estudo de diversas armas utilizadas no Kung Fu. O mestre Pepe é simplesmente um dos peritos em artes marciais e fundou seu próprio estilo conhecido por “Te Ashi Do”. O qual não se pode definir apenas como Karate Do, nem como o Kung Fu tradicional. O Te Ashi Do é simplesmente a união de técnicas de diversos estilos de artes marciais que o Shihan deste estilo: “O Mestre Pepi”. Aprendeu e melhorou as técnicas que combinas umas com as outras formam um estilo mais eficaz e polivalente para defesa pessoal, briga de rua e competições de vale tudo. O Pepe tem professores e instrutores do estilo Te Ashi Do espalhados por diversas cidades e estados brasileiros, incluindo Londrina, Cambé, Apucarana, Coritiba, Balneário Camboriú, Itapema, Navegantes, Joinville, Florianópolis, Itapema, São Paulo, SP. Campinas, SP. Presidente Prudente, SP. Rio de Janeiro, RJ. Santa Cruz de La Sierra na Bolívia, Buenos Aires, Rosário e Sam Salvador na Argentina, Corumbá e Campo Grande em Mato Grosso do Sul, MS. Matricula R$ 40, 00 (Quarenta Reais), Mensalidades R$ 60,00 (Sessenta Reais). O Pagamento da matricula e mensalidade deve estar pagos antes do início da primeira aula. Os meses subsequentes serão cobrados sempre entre os dias 01 (PRIMEIRO) e 15 (QUINSE) de dada mês. Lembrando que no Mês de Julho todos pagam a mensalidade normalmente e tem 15 (QUINSE) dias de férias, assim como o “mestre” que aproveita este tempo para viajar e buscar novos conhecimentos, aprendizado e aperfeiçoamento técnico de outras artes marciais. Horários de Treinamento: Segundas, Quartas e Sextas feiras: - Das 06:00 as 07:00 horas da manhã. - Das 09:00 as 10:00 horas da manhã. - Das 15:00 as 16:00 horas da tarde. - Das 16:30 as 17:30 horas da tarde. - Das 18:00 as 19:00 horas da tarde. - Das 19:30 as 20:30 horas da noite. - Das 21:00 as 22:00 horas da noite. Uniforme de treino: Kimono branco tradicional de Karate Do. Vendemos kimono a partir de R$ 100,OO (Cem Reais) Pagamento Avista. Entrega dos quimonos sempre as quartas feiras. Na compra do kimono acompanha a faixa. Em casos que o aluno não pode comprar o kimono de imediato deixamos o aluno fazer dois meses com calça de agasalho preta e camiseta branca sem qualquer marca ou propaganda publicitária e a obrigação de usar a faixa de acordo com a sua categoria. Faixas e kimonos comprados em loja podem sair muito mais caro do que nos vendemos. Exemplo: Nas lojas uma faixa custa em torno de R$ 50,00 Reais. Nós produzimos e vendemos a faixa por apenas R$ 30, OO Reais. Obs.: “Da mesma forma que o kimono nos só entregamos a faixa nas Quartas Feiras”. Calças pretas para treinamento de Te Ahi Do vendemos por R$ 20.00 (Vinte Reais). Camisetas com a logo marca Te Ahi Do custa R$ 40,00 Reais (Camisetas temos em estoque e entregamos na mesma hora do pagamento da compra). Treinamento especial (Todos os Sábados). Todos os Sábados que não houver chuva as aulas serão no parque Parque Ramiro Ruediger - Blumenau – Horário dos treinamentos de sábado das 14:00 as 16:00 horas, sendo que nos sábados serão duas horas de aula e devem estar todos os alunos presentes. Informações: Mestre PePe: Fones: (47)3488-5445, (47)8429-5071, (47)8422-5072. Grandes Mestres do Karate Do no Brasil e no mundo. Goju-ryu criado pelo Mestre Miyagi Chojun Shito-ryu criado pelo Mestre Kenwa Mabuni Shorin-ryu criado pelo Mestre Chochin Chibana Wado-ryu criado pelo Mestre Hironori Otsuka Shotokan-ryu criado pelo Mestre Gishin Funakoshi Te Ashi Do criado pelo Mestre Arno Éder Popper Kyokushin criado pelo Mestre Mas Oyama Yip Man nasceu na cidade de Foshan em 1 de Outubro de 1893 e viria a falecer a 2 de Dezembro de 1972 em Hong Kong, vítima de cancro na garganta. Proveniente duma abastada família de Foshan, o jovem sempre foi educado com base na educação tradicional chinesa. REGULAMENTO INTERNO DA ESCOLA TE-ASHI-DO. Mestre: Arno Éder Pöpper (Pepi - 10ºDan). O presente regulamento contem as diretrizes básicas da Escola Te Ashi Do a serem seguidos e observados pelos alunos. I – CONDIÇÕES DE MATRÍCULA. a) Ler o regulamento interno. b) Conferir e assinar a ficha de matrícula preenchida pelo responsável da academia. c) Quando o candidato for menor de idade, a ficha devera ser abonada pelo tutor legal. d) Apresentar prova de identidade. e) Fazer o pagamento da primeira mensalidade, junto com a matrícula. II – MENSALIDADES E TAXAS. 1) Os pagamentos deverão ser efetuados na secretaria da academia. 2) MENSALIDADES: a) As mensalidades deverão ser pagas antecipadamente. b) As mensalidades com atraso de cinco dias, sofrerão acréscimo de 10% (dez por cento). c) O aluno que deixar vencer duas mensalidades consecutivas, será automaticamente excluído da academia. d) O aluno só poderá cancelar a matricula se estiver em dia com os devidos pagamentos. 3) TAXAS: a) O aluno que quiser fazer exame de faixa, deverá pagar antecipadamente uma taxa de inscrição. b) O valor da taxa de exame de faixa será estipulado na época do exame. c) O atleta que quiser obter o certificado de faixa devera pagar uma taxa para a despesa de impressão. d) O aluno, ou praticante que perder a sua carteira de identificação e quiser obter Segunda via, deverá pagar uma taxa no valor de 30% (trinta porcento) do valor da mensalidade. III – ADMINISTRAÇÃO. a) A academia, ou professor, se reservam o direito de recusar a inscrição de aluno. b) Os dias e horários de treino, assim como seu período de duração, poderão ser alterados pela academia se houver necessidade, mantendo a mesma carga horária. c) Os períodos de ferias serão entre os dias 15 (quinze) de Dezembro, a 15 (quinze) de Janeiro, como também na Segunda quinzena de julho, podendo ser alterado se houver necessidade pôr parte da academia. OBS.: O período de ferias será pago integralmente pêlos alunos e praticantes. d) Queixas, sugestões, pedidos e reivindicações, deverão ser encaminhados a secretaria, ou professor, fora dos horários de aula. REGIME DISCIPLINAR. 1 – Tirar o calçado antes de entrar na academia. 2 – Cumprimentar a sala de treinamento na forma tradicional, na entrada e saída para os treinos. 3 – Cumprimentar instrutor, professor, ou mestre, antes e depois dos treinamentos. 4 – Cumprimentar os companheiros de treinamento, antes e depois de qualquer exercício, ou atividade, dentro ou fora da academia. 5 – Estar pronto e uniformizado, 5 (cinco) minutos antes de iniciar os trabalhos da academia. 6 – O aluno que atrasar-se, não poderá participar dos treinamentos e atividades da academia. 7 – Nas horas de descanso e espera dentro da academia, ou em outros locais de treinamento, os alunos e praticantes deverão sentar-se com as pernas cruzadas. 8 – Não colocar os pés e as mãos nas paredes da academia. 9 – Manter distancia de vidros e espelhos na hora dos treinamentos. 10 – Os alunos e praticantes não poderão treinar com armas fora da academia, salvo na presença do mestre, ou professor responsável. 11- Os alunos ao trocarem de roupas devem deixa-las guardadas em local seguro para evitar perdas e furtos. 12 – Os alunos devem deixar seus objetos de valor em casa. 13 – A academia não se responsabiliza pôr perdas ou extravio de quaisquer objeto. 14 – Os alunos deverão deixar o banheiro e vestiário, sempre em condições de uso. 15 – Os alunos devem conservar seu uniforme limpo. 16 – Não é permitido dobrar as mangas de blusas e kimonos, nem tão pouco a borda das calças em qualquer atividade da academia. 17 – Os alunos e praticantes devem conservar as unhas dos pés, e das mãos, sempre curtas para evitar acidentes. 18 – Manter higiene pessoal, cabelos e barbas sempre cortados. 19 – Não é permitido o uso de gírias e palavreados, dentro da academia. 20 – Não é permitido tocar em objetos e aparelhos de treinos, sem a devida autorização do instrutor ou professor responsável. 21 – Cumprimentar os companheiros de treino, ao entrar e sair da academia. 22 – Não é permitido, beijos, abraços e quaisquer gracinhas nos horários de treinamento, bem como em qualquer dependência da academia. 23 – É rigorosamente proibido a pratica de lutas e kumites, com alunos de categoria abaixo da faixa laranja, salvo na presença do instrutor, professor, ou mestre responsável pela academia. 24 – O aluno que danificar qualquer objeto da academia, devera pagar pela sua reposição. 25 – O aluno que tiver motivos para ausentar-se de treinamentos devera comunicar a secretaria, ou professor, fora dos horários de treinamento. 26 – O aluno que tiver três faltas na folha de chamada, sem comunicar os motivos, será automaticamente desligado da academia. 27 – Nunca; jamais fazer mau uso das técnicas do Te-Ashi-Do. 28 – Não é permitido fumar, ou beber nas dependências da academia. 29 –O aluno que tiver qualquer motivo para sair antes do final dos treinamentos, deverá comunicar a secretaria, ou, a seu professor, antes do inicio das atividades. 30 – Menores de idade só poderão participar de torneios e competições, com a devida anuência dos pais, ou responsável legal. 31 – Todos os praticantes de Te-Ashi-Do devem cumprimentar-se na forma tradicional quando se encontrarem na rua, ou em qualquer outro local. 32 – Os alunos reprovados no exame de faixa serão convocados a um outro teste, em uma data predefinida sem custo de inscrição. 33 – Não é permitido transitar na academia com trajes e vestuário intimo. 34 – Os alunos não podem conversar nos horários de treino. 35 – É proibido falar mau de qualquer outra arte marcial. 36 – Os alunos mais graduados deverão ensinar os mais novos. 37 – Não será permitido o uso de propagandas, insignes e similares nos uniformes de treino. 38 – Os alunos deverão cumprir as regras, rigorosamente. 39 – Os alunos, professores e praticantes acima de faixa preta estarão isentos de mensalidades, exceto as taxas de exames e outras. 40 – Os professores e instrutores de Te-Ashi-Do, mesmo não estando graduados faixa preta ficaram isentos das taxas de mensalidade. 41 – Jamais será permitido que alunos e praticantes faltem com respeito a seus superiores e professores, podendo ser excluído da academia de acordo com o grau da situação. 42 –Os alunos e praticantes deverão cumprimentar a bandeira nacional, antes e depois dos trabalhos dentro da academia. 43 – Não será permitido treinar com pulseiras, colares, anéis ou quaisquer outros objetos similares que possam pôr em risco a saúde própria, ou a de seus companheiros de treino. 44 – Não é permitido levar qualquer material da academia para treinar em casa. 45 – Todos os materiais usados em treino deverão ser colocados de volta no seu local de origem, após o termino do trabalho. 46 – É proibido beber água durante os treinamentos. 47 – É proibido trazer para a academia; livros, revistas e outros que não dizem respeito aos treinos de Te-Ashi-Do. 48- Será obrigatório o uso do uniforme em qualquer local que se pratique o Te-Ashi-Do. 49 – O uniforme de treino é composto de calça preta e camiseta branca, com, ou sem sapatilhas que deverão ser pretas. 50 – As punições para o não cumprimento das regras, podem ser castigos, suspensão, multas, ou a exclusão da academia. Kung Fu - É um sistema de luta desenvolvida na china.Surgiu das observações dos animais. Porém, niguém sabe ao certo quando surgiu.Embora já tenha mais de 2.000 anos, a verdade nele continua novinha porque,vai se adaptando de tempos em tempos como uma arte tradicional. A história do Kung Fu é cheia de muitas lendas e ciladas que tornam qualquer tentativa séria de transmitir uma história compreensiva e puramente factual quase impossível. A principal razão para isto é que a história de uma pessoa é a lenda de outra. Há muito poucas provas documentadas para sustentar qualquer história de Kung Fu, já que a maioria das histórias passam de pai para filho, oralmente, sem qualquer documentação escrita para comprovar. Sendo assim, tentarei cortar muito dos mitos e apresentar um relato claro. Se um relato for puramente lenda, será registrado como tal aqui. OS PRIMORDIOS Os primeiros registros fiéis de Kung Fu foram encontrados em ossos e cascos de tartarugas da dinastia Shang (1766-1122 a.C.), embora acredita-se que o Kung Fu se desenvolveu muito antes disso. Machados de pedra, facas e flechas foram desenterrados do período da China em recentes escavações. Na verdade, Huang-Ti, o terceiro dos Três Imperadores de Outono (embora alguns o considerem o primeiro imperador da China) usava espadas de cobre para o combate. Ch'uan fa, ou estilo do punho, como era chamado o Kung Fu no começo, tornou-se muito popular, quando os guerreiros de Chou da China Ocidental derrotaram o monarca da dinastia Shang em 1122 a.C. Durante o período Chou, uma espécie de luta romana chamada jiaoli foi listada como um esporte militar juntamente com arco e flecha e corrida de carruagens. O período de 770-481 a.C. foi chamado de Era da Primavera e do Outono. Durante esta época, o Kung Fu foi chamado de ch'uan yung, e a arte começou a florescer. O período dos Estados Guerreiros (480-221 a.C.) produziu muitos estrategistas que enfatizavam a importância do Kung Fu na construção de um forte exército. Conforme mencionado no Sun-tzu (Livro das Guerra), "Exercícios de luta romana e ataque fortalecem o físico do guerreiro". Dos notáveis mestres de Kung Fu em luta de espadas naquele tempo, muitos eram mulheres. Uma delas, Yuenu, foi convidada pelo Imperador Goujian, para expor suas teorias sobre a arte de esgrimista. O termo oficial para o Kung Fu naquela época era chi chi wu (os mesmos caracteres que os usados para o jujutsu japônes). As dinastias Ch'in (221-206 a.C.) e Han (206 a.C. - 220 d.C.) presenciaram o crescimento de artes marcias como o shoubo (luta romana) e o jiaodi, uma contenda na qual os participantes se defrontam com chifres de boi nas cabeças. O Kung Fu passou a se chamar chi ch'iao. Várias novas armas foram incorporadas à arte, e o taoísmo começou a influenciar a filosofia de luta. Na dinastia Chin (265-439 d.C.) e nas dinastias do Norte e do Sul (420-581 d.C.), um famoso médico e filósofo taoísta, integrou o Kung Fu com chi kung (execícios respiratórios, também chamados qigong). Suas teorias de poder interior e exterior ainda são respeitadas até hoje. Ge Hong baseou-se muito na pesquisa de seu antecessor Hua T'o, que, durante o período dos Três Reinos (220-265 d.C.), criou um método de movimento e respiração chamado wu chien shi. Este incluía a imitação dos movimentos do pássaro, veado, urso, macaco e tigre. Dizia-se que Hua T'o recebeu ajuda de um sacerdote taoísta chamado Chin Ch'ien. As obras de Hua T'o e Ge Hong foram um marco do desenvolvimento de exercícios de Kung Fu. O seguinte grande desenvolvimento da história do Kung Fu também veio durante as dinastias do Norte e do Sul: a chegada de Bodhidharma. A LENDA DE BODIDHARMA Durante as dinastias do Norte e do Sul, o principal regime começou a atacar a área central da China, e a ordem social foi rompida. Isto criou um crescente interesse no estudo religioso. Em conseqüência, muitas figuras religiosas entraram no país. Uma, em particular, foi Bodhidharma. Bodhidharma é uma figura obscura na história do budismo. As fontes mais fiéis para nosso conhecimento são Biographies of the High Priests (Biografias dos Altos Sacerdotes) do Sacerdote Taoh-suan (654 d.C.) e The Records of the Transmission of the Lamp (Os Registros da Transmissão da Fonte de Luz Espiritual) do Sacerdote Tao-yuan (1004 d.C.). Apesar destas fontes aparentemente autênticas, os modernos estudiosos ou têm sido relutantes em aceitar qualquer versão da existência de Bodhidharma ou afirmam que Bodhidharma é uma lenda. Muitos historiadores budistas, contudo, denominaram Bodhidharma o 28º Patriarca do Budismo, dando provas de sua existência. Bodhidharma (também conhecido como Ta Mo, Dharuma e Daruma Taishi) foi o terceiro filho do Rei Sugandha do sul da Índia, foi um membro dos kshatriya, ou casta guerreira, e passou sua infância em Conjeeveram (também Kanchipuram ou Kancheepuram), a pequena província budista do sul de Madras. Ele recebeu seu treinamento em meditação budista do mestre Prajnatara, que foi responsável pela mudança do nome do jovem discípulo de Bodhitara para Bodhidharma. Bodhidharma foi um excelente discípulo e logo se sobressaiu entre os colegas. Na meia-idade já era considerado um mestre budista. Quando Prajnatara morreu, Bodhidharma zarpou para a China. Duas razões existem para isso: foi um desejo de seu mestre, Prajnatara, no leito de morte; ou Bodhidharma ouviu falar dos religiosos na China e se entristeceu com o declínio da verdadeira filosofia budista lá. Os relatos das atividades de Bodhidharma na China variam consideravelmente. O livro Biografias dos Altos Sacerdotes, de Tao-hsuan, afirma que Bodhidharma chegou à China durante a dinastia Sung (420-479 d.C.) e as dinastias do Norte e do Sul (420-581 d.C.) e mais tarde viajou para o norte para o reino de Wei. Mas a data tradicional dada para a entrada de Bodhidharma, segundo o livro Biografias dos Altos Sacerdotes de Tao-hsuan que foi preciso em colocá-lo no templo Yung-ning em Lo-yang em 520 d.C. O livro ainda afirma posteriormente que um noviço budista chamado Seng-fu juntou-se aos seguidores de Bodhidharma, foi ordenado por Bodhidharma e então viajou para o sul da China, onde morreu com a idade de 61 anos. Um simples cálculo matemático nos diz que se Seng-fu estava de fato com 61 anos em 524 d.C. e possuíra a idade mínima aceitável para ordenação (20 anos), teria estado com 20 anos em 483 d.C., colocando o monge indiano na China mais cedo do que a data tradicional. Uma variação no tema acima, encontrada em Os Resgistros da Transmissão da Fonte de Luz Espiritual, situa Bodhidharma em Cantão em 527 d.C. Após passar algum tempo lá, ele viajou para o norte, encontrando o Imperador Wu da dinastia Liang (502-557 d.C.) em Ching-ling (agora Nanquim). Quando Wu viu Bodhidharma (diz a lenda), ele lhe perguntou: "Eu trouxe as escrituras de seu país para o meu. Construí templos de grande beleza e fiz com que todos abaixo de mim aprendessem as grandes doutrinas budistas. Que recompensas eu receberei na próxima vida por isso?"Bodhidharma replicou: "Nenhuma!" (referindo-se à crença budista de que se você fizer alguma coisa esperando recompensa, pode esperar nada).O rei ficou tão furioso que baniu Bodhidharma do palácio. Bodhidharma novamente se dirigiu para o norte. Viajou para a província Honan atravessando o rio Yuang-tse (diz a lenda) num bambu. Estabeleceu-se no monastério Shaolin (também chamado Sil-lum) no monte Shao-shih nas mostanhas Sung. Depois de chegar ao templo Shaolin, ele meditou em frente a uma parede por nove anos. Em sua meditação, fundou o budismo ch'an. A lenda diz que além de formar o ch'an, Bodhidharma também fundou o Kung Fu. Contudo, vimos que o Kung Fu já existia com muitos nomes diferentes por toda a história da China. É mais provável que, sendo um mosteiro, Shaolin abrigasse muitos fugitivos da justiça, fugitivos que eram também guerreiros hábeis tornavam-se monge

postado por Te Ashi Do, Te-Ashi-Do, TeAshiDo, Arte Marcial Mista: Karate, Karate Do, Kung Fu, Kobudo, Ninjutso, Ninjas. TaeKwonDo, Wushu, Shaolin @ 16:24   0 Comentários Quem sou eu Nome: Te Ashi Do, Te-Ashi-Do, TeAshiDo, Arte Marcial Mista: Karate, Karate Do, Kung Fu, Kobudo, Ninjutso, Ninjas. TaeKwonDo, Wushu, Shaolin Local: São Paulo, São Paulo Capital Te Ashi Do, Te-Ashi-Do, TeAshiDo, Karate Do, Kung fu, Tai chi chuan,I-chuan, Wing chun, Wushu,Shaolin, Aikido, Bojutsu, Bujutsu, Caratê, Jiu-jitsu, Kendo, Kenjutsu, Kyudo, Ninjutsu, Tailandesas, Lerdrit,Muay boran, Muay thai, Coreanas, Hapkidô, Haidon, gumdo, Taekwondo, Tangsudo, Vietnamitas, Viet vo dao, Qwan ki do, Outras orientais, Filipinas: Eskrima, Israelitas: Krav magá, Ocidentais, ArtDo, Boxe, Capoeira,Esgrima, Full contact, Jeet kune do, Kombato, ju-jitsu, Keysi, Sambo, Savate, Shobu-ryu,Submission wrestling,Vale-tudo, Samurai, Shihan, Katana, kung, Ninja Visualizar meu perfil completo Links Google News dandee.com.brAgência de Modelos,Karatê Do,Kung Fu,Mestre,Master,Mestre de Karatê Do,Museu do Azulejo;Busca Detalhada:Abdon Batista Abelardo Luz Agrolandia Agronomica Agua Doce Aguas Frias Aguas Mornas Aguas de Chapeco Alfredo Wagner Alto Bela Vista Anchieta Angelina Anita Garibaldi Anitapolis Antonio Carlos Apiuna Arabuta Araquari Ararangua Armazem Arroio Trinta Arvoredo Ascurra Atalanta Aurora Balneario Arroio do Silva Balneario Barra do Sul Balneario Camboriu Balneario Gaivota Bandeirante Barra Bonita Barra Velha Bela Vista do Toldo Belmonte Benedito Novo Biguacu Blumenau Bocaina do Sul Bom Jardim da Serra Bom Jesus do Oeste Bom Jesus Bom Retiro Bombinhas Botuvera Braco do Norte Braco do Trombudo Brunopolis Brusque Cacador Caibi Calmon Camboriu Campo Alegre Campo Belo do Sul Campo Ere Campos Novos Canelinha Canoinhas Capao Alto Capinzal Capivari de Baixo Catanduvas Caxambu do Sul Celso Ramos Cerro Negro Chapadao do Lageado Chapeco Cocal do Sul Concordia Cordilheira Alta Coronel Freitas Coronel Martins Correia Pinto Corupa Criciuma Cunha Pora Cunhatai Curitibanos Descanso Dionisio Cerqueira Dona Emma Doutor Pedrinho Entre Rios Ermo Erval Velho Faxinal dos Guedes Flor do Sertao Florianopolis Formosa do Sul Forquilhinha Fraiburgo Frei Rogerio Galvao Garopaba Garuva Gaspar Governador Celso Ramos Grao Para Gravatal Guabiruba Guaraciaba Guaramirim Guaruja do Sul Guatambu Herval d'Oeste Ibiam Ibicare Ibirama Icara Ilhota Imarui Imbituba Imbuia Indaial Iomere Ipira Ipora do Oeste Ipuacu Ipumirim Iraceminha Irani Irati Irineopolis Ita Itaiopolis Itajai Itapema Itapiranga Itapoa Ituporanga Jabora Jacinto Machado Jaguaruna Jaragua do Sul Jardinopolis Joacaba Joinville Jose Boiteux Jupia Lacerdopolis Lages Laguna Lajeado Grande Laurentino Lauro Muller Lebon Regis Leoberto Leal Lindoia do Sul Lontras Luiz Alves Luzerna Macieira Mafra Major Gercino Major Vieira Maracaja Maravilha Marema Massaranduba Matos Costa Meleiro Mirim Doce Modelo Mondai Monte Carlo Monte Castelo Morro Grande Morro da Fumaca Navegantes Nova Erechim Nova Itaberaba Nova Trento Nova Veneza Novo Horizonte Orleans Otacilio Costa Ouro Verde Ouro Paial Painel Palhoca Palma Sola Palmeira Palmitos Papanduva Paraiso Passo de Torres Passos Maia Paulo Lopes Pedras Grandes Penha Peritiba Petrolandia Picarras Pinhalzinho Pinheiro Preto Piratuba Planalto Alegre Pomerode Ponte Alta do Norte Ponte Alta Ponte Serrada Porto Belo Porto Uniao Pouso Redondo Praia Grande Presidente Castelo Branco Presidente Getulio Presidente Nereu Princesa Quilombo Rancho Queimado Rio Fortuna Rio Negrinho Rio Rufino Rio d'Oeste Rio das Antas Rio do Campo Rio do Sul Rio dos Cedros Riqueza Rodeio Romelandia Salete Saltinho Salto Veloso Sangao Santa Cecilia Santa Helena Santa Rosa de Lima Santa Rosa do Sul Santa Terezinha do Progresso Santa Terezinha Santiago do Sul Santo Amaro da Imperatriz Sao Bento do Sul Sao Bernardino Sao Bonifacio Sao Carlos Sao Cristovao do Sul Sao Domingos Sao Francisco do Sul Sao Joao Batista Sao Joao do Itaperiu Sao Joao do Oeste Sao Joao do Sul Sao Joaquim Sao Jose do Cedro Sao Jose do Cerrito Sao Jose Sao Lourenco d'Oeste Sao Ludgero Sao Martinho Sao Miguel d'Oeste Sao Miguel da Boa Vista Sao Pedro de Alcantara Saudades Schroeder Seara Serra Alta Sideropolis Sombrio Sul Brasil Taio Tangara Tigrinhos Tijucas Timbe do Sul Timbo Grande Timbo Tres Barras Treviso Treze Tilias Treze de Maio Trombudo Central Tubarao Tunapolis Turvo Uniao do Oeste Urubici Urupema Urussanga Vargeao Vargem Bonita Vargem Vidal Ramos Videira Vitor Meireles Witmarsum Xanxere Xavantina Xaxim Zortea Busca na Web: Vídeos, Fotos e Imagens: Fotos de Gatas para todo gosto Ajeitando o biquini As mais belas gatas da praia Banho de Mar Bela fotografia Belas Bikini Biquini Biquini rebelde Blusinha Bolsa de Praia Bolsa maldita Borboletas Brasil Brasileiras na praia Brazilian Girls Bronzeadas Bumbum Bundas Calor Caminhando na beira da praia Caminhando na praia Chapeuzinho Closes Comissão de frente Concurso de gatas Copa do Mundo Cores da bandeira Curvas perfeitas Deixando o mundo mais redondo (e não é a skol) Desfile Esportes Estilo Fio-dental Flor Fortaleza Fotos de Gatas Garotas do Brasil Gata Gata com tatoo Gata de maiô Gata na areia da praia Gata na praia Gata no celular Gatas da Copa Gatas da Copa 2010 Gatas de fio-dental Gatas do Surf Gatas molhadas Gatas na praia Gatas se bronzeando Gata surfando Gata tirando a roupa Gatinha dormindo na praia Gatinha na beira da praia Gatinhas lindas Gostosas Guarda-sol Itamambuca Lacinho Lindas Lindas garotas desfilando em concurso na praia Lindas modelos Marquinhas de biquini Meninas do Surf Molhadas Morenas Mulheres brasileiras Mulheres bronzeadas Mulheres de biquini Mulheres de biquini na praia Mulheres de fio-dental Mulheres do Surf Mulheres lindas Na boa Nas pedras da praia Na água Observando o movimento Ondas Paraíso na terra Peitos Ponta Negra Praia de Ponta Negra Praia de Tabatinga Praias Praias do Brasil Primavera Rosa Saída de praia Seios Seleção Shortinho Sol Super gatas Surf Torcedoras da Copa Torrando Tudo de bom Verde e Amarelo Vestidinho de praia À vontade na praia Agência de Modelos DanDee Shows, Eventos e Publicidade Ltda. Sempre selecionando novos talentos... Interessadas entrar em contato com o responsável por este página. Arno Éder Pöpper (PEPI - Blumenau, SC.): Fone (47)8401-1143, (47)8429-5071. Compartilhado com Agência de Modelos Dandee Blumenau, SC. Trabalhamos em todas as áreas artisticas e campanhas publicitárias... Desfiles de moda, desfiles show, moda íntima, moda feminina, desfiles em clubes, sociedades, danceterias, hoteis e outros locais pre programados para espetáculos... Anúncios em rádios, jornais, revistas, televisão, internet, etc. Carros e caminhões de som, panfletagem, distribuição de folders, cartazes, etc. Dispomos de toda estrutura e equipe de profissionais para o planejamento e organização de eventos, concursos, entre outros... Mais informações: Entre em contato pelo Skype: live;dandee - Ou por nossos telefones: (47)8401-1143, (47)8429-5071. Empresa localiada na Rua Amazonas, 1650, Bairro Garcia. Blumenau, SC. Brazil. Mas trabalahos e realizamos eventos em qualquer cidade, estado ou país que nos contratarem o serviço. Mais informações: Entre em contato pelo Skype: live;dandee - Ou por nossos telefones: (47)8401-1143, (47)8429-5071. Empresa localiada na Rua Amazonas, 1650, Bairro Garcia. Blumenau, SC. Brazil. E-mail: [email protected] Skype: [email protected] Agência de Modelos, Festas, Eventos, Produções, Promoções, Public Atualizado: há ± 5 meses Agência de Modelos DanDee Shows, Eventos e Publicidade Ltda. Sempre selecionando novos talentos... Interessadas entrar em contato com o responsável por este página. Arno Éder Pöpper (PEPI - Blumenau, SC.): Fone (47)8401-1143, (47)8429-5071. Edit-Me Edit-Me Postagens anteriores all works te ashi do secret service Arquivos Outubro 2012 Assinar Postagens [Atom]   AGENCIAMENTO - CASTING - NOTÍCIAS - SOBRE NÓS - segunda-feira, 1 de outubro de 2012 all works te ashi do secret service Prefeito, prefeita, prefeitura: Blumenau, SC. Ana paula 13 a proxima prefeita de blumenau e de 2012 Por Pepe: Arno Éder Pöpper, Autor do vídeo: Arno Pöpper Neto mma, ufc, full contact, wufc world ultimate full contact karate do, kung fu, wushu, kik boxer, WTF World’s Te Ashi Do Federation. “KaTaeCapoKunKO: Karate Do, Taekwondo, Kung Fu, Judo, Wushu, KobuDo, Capoeira” The Official Website of the Ultimate Fighting Championship® (UFC), UFC, Mixed Martial Arts (MMA) News, Results - MMA Fighting, Venha fazer Karate Do com quem mais entende do assunto: Grão Mestre Shihan: PEPE 10 Dan, Ju Dan Hanshi (Mestre e professor em diversas artes marciais) 34 Anos de pratica em Artes Marciais, Defesa Pessoal e Filosofia de Vida. Um dos primeiros professores a lecionar o Karate Do em Blumenau e em diversas cidades e estados do Brasil e Exterior. Informações fones: (47)3488-5445, Blumenau, (47)8429-5071, BalneárioCamboriú, (47)8422-5072, Itajai, (47)8429-0371 Itapema, (47)8401-1143, (47)8910-6862 Brusque, (47)8421-3821 Jaragua do Sul, (11)98016-4334, São Paulo, (41)8470-8447 Curitiba. O Te Ashi Do hoje esta sendo praticado em mais de 43 países como segue anexo algum deles abaixo. Todos sobre o comando do mestre Arno Éder Pöpper (pepi) 10 DAN Hanshi. • Argentina , • Austrália , • Brasil , • Canadá , • China , • França , • Alemanha , • Hong Kong , • Índia , • Indonésia , • Itália , • Japão , • Malásia , • México , • Nova Zelândia , • Filipinas , • Quebec , • Cingapura , • Coréia do Sul , • Espanha , • Taiwan , • Tailândia , • Reino Unido , • United States , • Vietnã , • en Español, works: “trabalho” substantivo: trabalho work, job, labor, employment, works, task, lida works, work, atividade activity, business, work, action, operation, works, esforço effort, endeavor, exertion, strain, work, works, labor labor, work, works, ocupação occupation, occupancy, employment, job, work, works, diligência diligence, step, stagecoach, industry, endeavor, works, fadiga fatigue, weariness, toil, work, hardship, works, faina Ufc é a sigla para Ultimate Fighting Championship, que é uma organização americana que promove lutas de uma mistura de artes marciais, que envolve jiu jitsu, boxe, wrestling, muay thay, karate e outras. Os campeonatos possuem algumas regras, normalmente os lutadores se enfrentam em um ringue de oito cantos com 3 assaltos de 5 minutos e em lutas que valem títulos são 5 assaltos de 5 minutos. As artes marciais mistas (frequentemente conhecidas sob seu acrônimo em inglês: MMA - mixed martial arts) são artes marciais que incluem tanto golpes de luta em pé quanto técnicas de luta no chão. Um dos esportes que mais cresce no mundo, tanto em espectadores, quanto em praticantes, é o MMA – mixed martial arts, ou e m português, artes marciais mistas. O esporte vem ganhando destaque, principalmente através da maior de suas competições, o UFC - Ultimate Fighting Championship, que mostra diversas lutas com os melhores lutadores atuais da modalidade. Entre os grandes campeões do MMA, temos vários brasileiros, como os atuais lutadores Anderson Silva, Arno Éder Pöpper, José Aldo, Júnior Cigano, Wanderley Silva, Vitor Belfort, os antigos Royce Gracie, entre muitos outros. Vamos conferir a baixo um Top 5 dos melhores vídeos de MMA, com nocautes, f inalizações e lutas históricas. Todos mostram um pouco do que é esse esporte que mistura diversos tipos de lutas. PORRADA SÓ NOCAUTE - AS MELHORES LUTAS VALE TUDO Minotauro Vs Bob Sap. MMA UFC . Melhor luta de todos os tempos UFC BEST ! EXCLUSIVE !! NOCAUTE E FINALIZAÇAES NO MMA UFC PRADY - AS MELHORES LUTAS VALE TUDO. O melhor Nocaute     Um recado para você pensar! O Analfabeto Político O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio dependem das decisões políticas. O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecil que, da sua ignorância política, nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos, que é o político vigarista, pilantra, corrupto e lacaio das empresas nacionais e multinacionais. Bertolt Brecht tags: Escola de Karate Do Waza Pepe Te Ashi Do Ken Shin Shu Kan Karate Do, Martial Arts: Kung Fu, Wushu, Wing Chun, Sanda, ShobuDo, Judo, Jiu Jutso, TaeKwonDo, Hapikido, KobuDo, Maculele, Capoeira, Maculele, MMA, Full contact, Kickboxer , Muay Thai, Luta Livre, Briga de Rua, Vele Tudo. (Técnicas de Defesa Pessoa). Arte Marcial de Combate especializada para o dia a dia em qualquer situação ou ambiente. Observação: Nos não ensinamos artes marciais para competição, mas sim para combate real, aberto e franco contra qualquer tipo de ameaça a segurança pessoal, Família, Estado, etc. O Te Ashi Do é uma arte marcial completa que envolve e ensina técnicas de vários estilos seguindo as tradições orientais em especial o Karate Do Shorin Ryu de quatro organizações e escolas diferentes: Shorin Ryu Kenshinakan, Shorin Ryu Kyudokan, Shorin Ryu Shinshukan e o verdadeiro Karate Do tradicional praticado e fundado em Okinawa por respeito as tradições do Grão mestre maior: Chochin Chibana. Galeria dos grandes Mestres do Verdadeiro e tradicional Karate Do Shorin Ryu de Okinawa. Tode Sakugawa (1733 –1815) Nascido em 1733 em Shuri , ainda jovem iniciou em 1750 seus estudos da arte marcial okinawense (Okinawa-te) sobre a tutela do monge Takahara Peichin (1683-1760) de Akata. Um encontro casual fez com que ele conhece o expert em arte marcial chinesa conhecido como Kushanku em 1756. Ele treinou com Kushanku durante 6 anos em Kumemura. Aos 29 anos de idade recebe uma mensagem de Takahara para que retornasse a Shuri urgentemente e obedecendo ao seu pedido encontra o antigo mestre adoecido, mas a tempo de ouvir seu pedido para que após a sua morte ele o substitua continuando a ensinar tudo o que aprendeu. Dois dias após o encontro, Takahara morre. Por volta de 1762, mestre Kusanku regressou para a China , e ele volta para Shuri começando a ensinar uma combinação do que aprendeu com os dois mestres, tornando-se com seu sistema de treinamento o primeiro mestre de To-de. Pelos méritos de seus serviços prestados ao rei de Okinawa, exercendo a função de Juiz de Paz, foi honrado com o título de Satonushi. Muitos de seus alunos tornaram-se grandes mestres, entre eles Okuda, Makabe e Matsumoto.Quando Sakugawa tinha 78 anos, o jovem Sokon Matsumura veio de Shuri e pediu para que o instruísse na arte combate. Com isso a era dos grandes mestres na arte marcial okinawana da escola Shorin começou. Sakugawa morreu em 7 julho de 1815. Sokon "Bushi" Matsumura (1809 - 1899) Sokon Matsumura nasceu na vila Yamagawa (Yamagawa-cho), em Shuri, descendente de uma nobre (shizoku) familia. Começou jovem os seu treinamento com Tode Sakugawa. Durante sua vida Matsumura trabalhou como conselheiro e guarda costa dos ultimos tres Reis de Ryukyu (Sho-Ko, Sho Iku e Sho Tai). Esta posição permitiu que ele viajasse pra China para diversos templos Shaolins (Fuchou, Satsuma e Fukien), onde estudou artes marciais chinesas: Kempo("boxe chinês"),Jigen-ryu (luta com espada). Devido a sua grande reputação começa a ficar conhecido como "Bushi" (o guerreiro ) e torna-se em sua época o maior artista marcial de Okinawa. Foi o mais importante discípulo do Mestre Sakugawa (1782-1837) introdutor do To-de (Okinawa-Te). mais tarde treinou com outros mestres: Iwak, Te, Ason. Notado pelo seu estudo do fisico e também do metafísico, enfatizava a importancia de balancear o desenvolvimento fisico com a educação moral. Ele estudou afundo Confucionismo e era mestre da fina arte da caligrafia. Sua arte ficou conhecida como Shuri-te (as mão de Shuri), Sensei Matsumura é considerado o fundador do Shorin-ryu e criador dos katas Naihanchi, Pinan, Matsumura no Passai, Chinto,Gojushiho. Sensei Matsumura desenvolveu e treinou muitos discipulos entre eles Anko Itossu. Yasutune "Anko" Itotsu (1831 - 1915) Anko Itotsu nasceu em 1831 no vilarejo de Yamagawa em Shuri de Okinawa, e com 16 anos de idade iniciou-se nas artes marciais com o mestre Sokon Matsumura. Com muita cultura, era um estudioso literário e conhecedor dos clássicos chineses e japoneses, tornando-se secretário do rei Sho Tai de Okinawa até a queda da monarquia em 1879. Em abril de 1901 Itotsu introduz o ensino do karate no curriculo da Escola Primária Jinjo de Shuri.Em 1905 torna-se professor de karate do Colégio Municipal Dai Ichi e do Colégio Municipal de Treinamento de Professores. Já em 1908 escreve para o Departamento Municipal de Educação uma histórica carta, conhecida como "10 artigos sobre Karate", pedindo a introdução do karate como matéria em todas as escolas de Okinawa. Anko Itotsu simplificou os katas do Sensei Matsumura, dividindo o kata Naihanchi em tres (Shodan, Nidan e Sandan). E dividindo o kata Pinan em tres (Shodan, Nidan e Sandan). É considerado também o criador de Pinan Yondan, Pinan Godan e Itotsu no Passai. Muitos dos seus discípulos tornaram-se famosos mestres fundadores de estilos e contribuidores na evolução do Karate : Choshin Chibana (1885 - 1869), Kentsu Yabu (1866 - 1937), Gishin Funakoshi (1868 - 1957) e Chomo Hanashiro (1869 - 1945), entre outros. "10 artigos sobre Karate" (Carta escrita pelo Sensei Anko Itotssu) Choshin Chibana (1885 - 1969) Choshin Chibana nasceu em 5 de junho de 1885, no distrito de Torihori de Shuri.Com 17 anos de idade colocou-se sob a tutela de "Anko" Itosu, proeminente mestre do karate da época. Estudou com Mestre Itosu até este falecer com a idade de 85 anos em 26 de janeiro de 1915. Estydou sozinho durante mais cinco anos, até que abriu finalmente seu dojo no distrito de Torihori na idade de 34. Lá e em seu segundo dojo no distrito de Kumojo da cidade de Naha, trabalhou para ensinar o karate. Mestre Chibana permaneceu em Okinawa, durante a Segunda Guerra Mundial e quando Shuri foi destruída pelos americanos em 1945, milagrosamente escapou da morte, ficando até 1948 na Península Chinen e retornando para Giho-cho (Shuri) para reabrir sua academia. Depois da guerra, fica até 1948 na Península Chinen e parte para reiniciar suas aulas do Shorin-Ryu em Giho-cho que é uma parte de Cidade de Shuri. Inicia um itinerário em Naha abrindo academias em Asato, Jiku, Sakayamachi, Mihara e depois em Yamagawa em Shuri. Durante o mês de fevereiro de 1954 até dezembro de 1958, ele era também o Instrutor Chefe de Karate-Do do Departamento de Policia da Cidade de Shuri . Em 5 de maio de 1956, a Federação Okinawa de Karate foi formada e ele foi designado seu primeiro presidente, cargo que ocupou por dois anos. Choshin Chibana, para melhor distinguir o estilo das outras formas de karate, e preservar os ensinamentos que foi lhe passado pelo seu mestre, Anko Itosu, ele renomeou para Okinawa Shorin-ryu. Funda e torna-se presidente da Associação Okinawa Shorin-Ryu Karate-Do. Em 1964, foi constatado que o Mestre Chibana tinha um câncer terminal da garganta. Mas devido a sua dedicação para com a arte do Okinawa Shorin-Ryu, ele continuou ensinando, embora o seu corpo começasse a debilitar com a expansão do câncer. Em 1966 ele foi admitido no Centro de Pesquisa de Câncer de Tóquio para tratamento com radiação em uma tentativa para deter a expansão da doença. Depois de alguma melhoria, Mestre Chibana retomou o ensino do Okinawa Shorin-Ryu com o seu neto Akira Nakazato. Mestre Chibana teve mais de 5000 alunos e entre eles o Mestre Katsuya Miyahira que foi seu auxiliar. Afirmava sempre que o karate deveria ser praticado como uma arte marcial e não como um esporte, uma ginástica. Dizia: ¨ Eu penso que nós temos que evitar tratar o Karatê como um esporte, deve sempre ser uma arte marcial ¨. Essa filosofia manteve a verdade e a pureza do Karate de Okinawa. No final do ano de 1968 a condição do Mestre Chibana piorou e ele retornou ao Hospital de Ohama. Apesar dos esforços dos médicos falece na manhã de 26 de fevereiro de 1969, com a idade de 83 anos. Hanshi Katsuya Miyahira (10ºDan) Nascido em 16 de agosto de 1918 em Okinawa – Japão, Katsuya Miyahira teve seu primeiro contato com o Karate em 1933 com o Sensei Chosin Chibana e começou a ter aulas com Anbun Tokuda no colégio onde estudava. Então na mesma época treinava com os dois mais brilhantes discípulos do Sensei Anko Itosu (O Mestre de Shuri-te). Anos mais tarde também teve oportunidade de receber treinamento com o grande Sensei Choki Motobu. Do Sensei Chibana recebeu o título de Shihan (que permite ensinar karate) em 1948 e abriu seu próprio Dojo em Kanehisa, Nishihara. O nome escolhido para sua academia foi: Shido-kan. Uma vida dedicada ao Karate: 1933- Início da pratica. 1948- Torna-se professor de karate. 1953- Torna-se professor da Universidade Ryukyu. 1958– Recebeu o título de Kyoshi da Dai Nippon Butokukai. 1967- Recebeu kyudan (9th dan) de Karate Hanshi (Mestre). 1969- Torna-se presidente da Okinawa Shorin Ryu Karate Association 1978- Recebe Jyudan (10 º dan) como Hanshi Karate. 1986- Torna-se presidente da Federação de Karate de Okinawa, cargo que manteve até 1990. 2000- Em setembro deste ano o mestre Katsuya Miyahira foi considerado "Patrimônio Cultural Intangível" pela Okinawa Prefecture Board of Education, por sua dedicação ao ensino do Karate-do, significa dizer que o mestre Miyahira é considerado um ícone vivo da cultura japonesa pelas instituições daquele país. O Sensei Katsuya Miyahira é o criador do Kata "Tetsu Sho". Uma das alterações introduzidas por Sensei Miyahira no estilo Shorin-ryu foi à renomeação dos dois Katas Passai: Pasai Sho (Pasai menor) foi intitulado ‘Itosu’ no Pasai (Pasai de Itosu, em homenagem ao grande Mestre); e o Pasai Dai (Pasai maior) em que foi intitulado ‘Matsumura’ no Passai (Pasai de Matsumura). Atualmente diversas academias em mais de 10 países se filiaram ao Sensei Miyahira e utilizam o nome Shidokan estampado no kimono. Principal Fonte : Site da "North American Beikoku Shidokan" - Sensei Seikishi Iha (10 dan) O Site contém excelentes informações históricas e biografias dos Mestres da Shorin. Clique aqui para visitá-lo No estilo Te Ashi Do também acrescentamos técnicas de outras artes marciais como o Kung Fu Shaolin, Kung Fu Wushu, Kung Fu Wing Chun e Kung Fu Sanda Chin-na | Associação Shaolin Norte - Início www.aprendakungfu.com.br/chin-na Associação de Kung Fu Shaolin Norte - Kung Fu Wushu e Tai Chi Chuan ... shaolin do Norte e foi o primeiro a organizar o Chin-na e ensiná-lo no exército. ... de instrução de artes marciais do exército vermelho, escolas de defesa pessoal etc. 1. O Teashi Do foi criado, desenvolvido, praticado e ensinado pelo mestre Shihan Hanshi (10ºDan) Apelido: - “Pepe” Nome: - Arno Éder Pöpper. Faixa vermelha conforme a tradição das faixas criadas pelo mestre responsável pela criação e implantação das cores de faixa no Judo que mais tarde foram adotadas por todos os estilos de Karate Do assim como em várias outras artes marciais. É preciso ainda ressaltar que só na China existem mais de 400 estilos diferentes de Kung Fu sem falar e ter certeza de quantos estilos de luta e artes marciais existem e foram criadas em vários países do mundo... Entre elas o Jeet kune do criado por Bruce Lee que teve a maior parte dos seus estudo de artes marciais com o mestre Ip Man “Wushu, Wing Chun” No estudo e ensinamentos do Estilo Te Ashi Do Ka.Tae.Capo.Kun.Ko que quer dizer nada mais do que Karate Do, TaeKwonDo, Capoeira, Kung Fu e Kobudo “Estudo de Armas do Karate Do de Okinawa e Japão” Alem de Outras dezenas de armas do Kung Fu, incluindo as proprias armas do Te Ashi Do que transforma qualquerobjeto em arma de defesa e ataque contra agressores, ladroes, assassinos ou qualquer outra pessoa mal intencionada. Nascido em 28 de outubro de 1860, em Mikage, distrito de Hiogo, filho de Jirosaku Maresiba Kano, Jigoro Kano com apenas onze anos de idade transferiu-se para Kioto para estudar o idioma inglês, então indispensável para o progresso em qualquer sentido e que, possibilito mais tarde tornar-se professor e tradutor dessa língua e ainda, montar sua própria escola em Tóquio, o Kobunkan. Galgou um a um os degraus da Escala Imperial Japonesa, chegando ao segundo grau após sua morte, ocorrida em 04 de maio de 1938, portanto, com 77 anos de idade, quando voltava do Cairo onde participou da Assembléia Geral do Comitê Internacional dos Jogos Olímpicos. Era de baixa estatura, medindo 1,50 metro e seu peso, proporcional a altura, não ia além de 50 quilos. Aos dezessete anos, teve seu primeiro professor, mestre Fukuda, da escola Coração de Salgueiro, depois mestre Isso, e ainda Likudo. Buscou conhecimento também em outras escolas, para tanto estudando com rara persistência, o que lhe permitiu um pouco mais tarde formar um conjunto de técnicas, regras e princípios que viriam a constituir o Judô que hoje conhecemos. Formado pela Universidade Imperial de Tóquio, em Letras e ciências estéticas e morais, no ano de sua formatura em 1882, funda sua escola, o Kodokan, na qual pretendeu impulsionar um novo método de luta, mais esportiva, mais intuitiva, mais segura e sem os segredos que impediam uma divulgação generalizada, para que todos pudessem usufruir, desde criança até adultos de idade mais avançada. Sua vida não ficou conhecida, nem marcada e não atingiu as culminâncias só através do Jiu-Jitsu e do Judô, mas a sua cultura lhe possibilitou galgar alto posto no Ensino, no esporte e no governo de seu país. Foi professor, vice-presidente e reitor do Colégio dos Nobres, Adido do Ministro da Casa Imperial, Conselheiro do ministro da Educação Nacional, Diretor da Escola Normal Superior e, ainda, secretário da Educação Nacional. Fundou sociedades e institutos para jovens e também o primeiro clube de baseball do Japão. Editou revistas, viajou para Europa e América do Norte em missão cultural. Foi ainda Diretor da Educação primária, presidente do Centro de Estudos das Artes Marciais e o primeiro japonês a pertencer ao Comitê Olímpico Internacional e, ainda, presidente da Federação Desportiva do Japão. Notadamente, para quem como Kano introduziu também o desporto e a Educação Física no plano educacional do Japão, fato esse que já seria suficiente para perpetuar seu nome como educador e como esportista. Leva Jigoro Kano o galardão de Pai da Educação Física do Japão. HISTÓRICO Os primeiros indícios da utilização pelo homem de algumas formas primitivas de luta individual e sem armas data de três a quatro mil anos a.C., a partir daí, os sinais tornam-se mais nítidos e numerosos, possibilitando uma avaliação mais segura e precisa que nos autorizem afirmar que praticamente todos os povos da remota Antigüidade já praticavam alguma forma de luta esportiva ou bélica. Assim foram os hindus, os chineses, os povos da Europa, das Américas e da Ásia, inclusive do Japão onde, segundo alguns historiadores algumas formas de lutas já eram conhecidas à cerca de dois mil anos a.C. Porém, até o século XVI as técnicas eram ainda muito primitivas e pobres, havendo a partir desse século uma evolução muito grande, principalmente em função da intensificação do uso por parte dos "samurais" que, além do aperfeiçoamento das existentes, desenvolveram uma enorme quantidade de técnicas novas que vieram enriquecer e consolidar o Jiu-Jitsu. No fim do século XIX, mais precisamente em fins da década de setenta e início da década de oitenta, quando Jigoro Kano inicia um estudo sistemático das artes marciais, já com os olhos voltados para a montagem de sua própria escola. Notava ele então, o empirismo das escolas e dos métodos da época. Estas estavam muito preocupadas com seus segredos e em ignorar os valores das outras, que propriamente progredir na busca da perfeição técnica e moral. A rivalidade nunca foi tão grande entre as escolas como nessa época, procurando uma destruírem as outras a qualquer custo, servindo os meios mais ilícitos, importando apenas a própria sobrevivência. Como vemos, a ética e a moral não existiam e isso preocupou Jigoro Kano que colocou essa mesma ética e essa mesma retidão moral como meios a serem alcançados. As técnicas também não lhe satisfaziam pela pobreza e inexistência de princípios pedagógicos e científicos e ainda mais, os perigos que essas técnicas representavam, causando acidentes mais ou menos graves que impossibilitavam uma participação maior, ampla e generalizada com que sonhava. Assim retirou-se com alguns alunos para o templo budista de Eishosi onde estudou e analisou cientificamente as técnicas mais em evidência na época, separando o que de bom havia, inventando quando necessário e surgindo então um novo método pela fusão de técnicas do antigo Jiu-Jitsu e dos princípios pedagógicos, morais e científicos e, ainda, sem um perigo maior de acidentes. Esse foi um período de grandes provações para Kano, pois mesmo lecionando no Colégio Gakushuin e, também mantendo sua escola de Inglês, o Kobunkan para cobrir as despesas com seus alunos em Eishioi, passava longas horas à noite fazendo traduções. Nessa época, todas as formas de luta e suas escolas eram vistas como uma espécie de reduto de marginais, portanto, não eram bem vistas pela sociedade e Kano tinha que também sobrepor a essa discriminação. Ainda aluno do mestre Likudo, Jigoro Kano inicia a montagem de sua escola, o Kodokan, em fevereiro de 1882 e para isso convidou alguns alunos do colégio Kakushuin e da sua escola de inglês, o Kobunkan, vários do quais alojou no templo de Eishosi e os mantinha às suas expensas. O primeiro aluno foi Tomita, que estava sempre à mão para Kano testar e aperfeiçoar as técnicas que desenvolvia. A Tomita seguiram-se Yamashita, Shiro Saigo, Yokoayama, Nagaoka, Higushi, Nakagima, Arima e Amano Kai, e ainda, segundo o mestre Terayama, Matsuoka< Ysso Gay Kaso, Tobata Nobutaro e Toko Sambo. O Kodokan crescia em tamanho, em virtudes e no respeito da sociedade e para que assim continuasse, foram instituídas algumas normas que os alunos prometiam seguir e por elas empenhavam sua palavra: - Se for admitido no Kodokan, prometo não ensinar e nem divulgar os conhecimentos da arte que me será ensinada, salvo com autorização de meus mestres. - Não farei demonstrações públicas com o fim de obter lucros. - Minha conduta nunca será de forma a comprometer e desacreditar o Kodokan. - Não abusarei e nem farei uso indevido dos conhecimentos que vier a ter. Quando o Mestre Jigoro Kano criou o Judô, tinha como objetivo através do homem melhorar o mundo. Assim ele idealizou uma forma de defesa que aproveita a agressividade do adversário usando-a contra o mesmo. O Judô é, portanto uma arte marcial meramente defensiva e tem como princípio filosófico "Ceder para Vencer". Por encerrar princípios filosóficos em seus ensinamentos, o Judô não é somente um esporte ou uma forma de defesa, mas sim, é principalmente, um método educacional eficaz que atua no comportamento e na formação de caráter de crianças, adolescentes e adultos de ambos os sexos. Cair, derrubar, rolar, imobilizar, etc. são alguns dos ensinamentos de uma aula de Judô, cujos efeitos atuam continuamente modificando o comportamento dos praticantes, principalmente na canalização da agressividade, auto confiança que é desenvolvida, o relacionamento com outras pessoas, relacionamento em grupo, e o auto conhecimento. O treinamento do UKEMI além de mecanizar os movimentos para cair sem se machucar, tem como objetivo relaxar o corpo e mostrar que, tal qual no DOJO é possível cair sem se machucar e levantar de cabeça erguida para a luta, tal qual é na vida. O UTIKOMI permite o contato corpo a corpo, desinibindo e possibilitando uma troca de energia entre os praticantes, além de treinar repetidamente uma técnica de arremesso e de combate de solo. O HANDORI prepara o atleta para a competição, treinando em movimento as técnicas de Judô, desenvolvendo a autoconfiança e o saber ganhar ou perder. O DOJO é uma extensão da vida onde praticando o Judô se aprende a viver melhor vencendo todos os obstáculos. A palavra KIAI pode ser traduzida como "união dos espíritos". Ao KIAI é atribuído o poder de concentrar o espírito do praticante a ponto de unir ao seu adversário e de o subjugar. O KIAI é utilizado no Judô, às vezes, acompanhado de um grito, tendo o poder de descontrolar o adversário a ponto de parar completamente seu ataque e lançá-lo ao solo. A palavra Judô significa JU - Suavidade e DO - Caminho, daí ser o Judô chamado caminho da suavidade. SUAS VANTAGENS - Faculdades Físicas O Judô é praticado sob forma de esporte em todas as épocas do ano. Nunca é perigoso ou brutal. Mulheres, homens de idade, jovens, meninos e meninas, todos podem praticá-lo. O Judô constitui a cultura física mais completa que se possa desejar, uma vez que todas as partes do corpo entram em ação de todos os modos, em todas as direções e se desenvolve harmoniosamente, adquirindo força e flexibilidade. Aquele que o pratica adquire igualmente inúmeros meios de autodefesa de que um dia talvez tenha necessidade para salvar a própria vida ou de uma outra pessoa. O judoca adquire rapidamente um corpo livre e ágil, completamente desenvolvido, prontamente utilizável em todas as circunstâncias. - Faculdades Morais e Mentais Um judicioso e regular treinamento provocam um sadio desenvolvimento nas faculdades intelectuais, um espírito de rápidos reflexos, habituado a agir com decisão, dotado de um juízo equilibrado e essencialmente prático. O espírito de tolerância e de justiça, assim como os domínios de si mesmo, são as características básicas de um bom judoca. Por sua própria natureza, o Judô proporciona aos que a ele se dedicam seriamente um sentido bem exato do valor das coisas e de sua relatividade, uma seriedade e uma penetração de espírito acima da média, que forja o caráter e afirma a personalidade. PRINCÍPIO DO JUDÔ O princípio fundamental do Judô é o equilíbrio. Há no corpo humano uma vertical onde ele se assenta e uma vez inclinado ao lado tende a perder o equilíbrio para que todo o peso possa unificar nesta vertical, desabando-se assim. É baseado na gravidade. Explicando-se melhor, tomemos um copo comum. O copo permanece de pé uma vez na linha da gravidade, inclinando-se e soltando-se ele perderá o equilíbrio e cairá. No homem o centro de gravidade está situado em qualquer parte do corpo. O Judô ensina como deslocar o centro da gravidade. Quando um homem caminha, conforme dá o passo o homem perde o equilíbrio, mas a perna que vai para frente serve de suporte. Experimente anular o suporte: o homem desaba violentamente porque não conseguiu recuperar a linha da gravidade sobre si. O conhecimento do equilíbrio, e como perturbá-lo, é o segredo do Judô. ELEMENTOS BÁSICOS Fundamentos são todos elementos indispensáveis a formação do judoca relativamente à ética do Judô, à disciplina a ser mantida no DOJÔ e fora dele a moral. PARA PRATICAR O JUDÔ DEVEMOS OBEDECER AS SEGUINTES REGRAS O dojo é um local onde purificamos e enriquecemos a mente e o espírito. Portanto, tal local deve ser preenchido com atitudes de respeito, gratidão, e ajuda mútua. Ao entrar no dojo você percebe que todas as pessoas esforçam-se para manter essas atitudes, logo estas devem ser praticadas com sinceridade. O texto seguinte contém algumas regras simples de comportamento. O ato de inclinar-se é uma forma apropriada de demonstrar gratidão e humildade necessárias ao bom andamento do treino • Quando se inclinar o Ao entrar e sair do dojo; o Ao entrar e sair do tatame de treino; o Antes do treino, incline-se ao shomen e depois ao instrutor. o Após o treino, incline-se ao sensei depois ao shomem. o Incline-se sempre que for pedir auxílio a alguém. • Guia geral de etiqueta o O instrutor deve ser sempre tratado com respeito; o O instrutor deve ser sempre referido por "Sensei"; o Procure não interromper o treino por razões desnecessárias. Se precisar perguntar algo, aguarde um momento adequado; o Não chame ou interrompa o Sensei enquanto ele estiver ensinando; o Não abandone o tatame durante o treino sem antes pedir autorização ao Sensei; o Não se deve conversar enquanto o Sensei demonstra alguma técnica. Ao treinar com seu parceiro, procure conversar apenas o necessário; o Se você estiver no dojo, mas não no tatame, respeite o treino dos demais e fique em silêncio. Convidados devem ser informados destas atitudes; o Ao receber instruções pessoalmente, permaneça quieto até que o Sensei complete sua explicação. Depois se incline e agradeça; o É inapropriado para um aluno (incluindo faixas pretas) oferecer instrução aos demais a não ser que ele seja autorizado a auxiliar o Sensei. Este é um ponto essencial para o seu desenvolvimento pessoal e deve ser seguido cuidadosamente; o Quando o instrutor estiver ensinando um ponto, não procure ir além, a não ser que você seja autorizado a fazê-lo; o Não fique fazendo comparações entre seu Sensei com outros. Cada instrutor tem características únicas a serem compartilhadas; o Procure chegar sempre mais cedo para o treino; o Se você chegar atrasado para o treino, aguarde do lado de fora do tatame até que o instrutor autorize-o a entrar; o Todos os alunos devem já estar alinhados em posição antes do Sensei adentrar o tatame; o A posição formal de sentar-se no tatame é seiza. Se você tem algum ferimento ou por alguma outra razão não pode sentar-se assim, explique ao Sensei e ele o autorizará a sentar-se com as pernas cruzadas. Nunca se sente com as pernas esticadas, deite ou descanse em outra posição dentro do tatame; o Procure não ficar ocioso durante o treino. Se não estiver treinando, sente-se formalmente e aguarde sua vez; o O local de treino de artes marciais deve permanecer limpo. Se você vir algum resquício de sujeira ou coisa parecida, não espere alguém limpar, limpe você mesmo. Isso faz parte de seu treinamento; o Trate suas 'ferramentas de treino' com cuidado. Seu kimono deve estar sempre limpo e costurado. o Um par de calçados é parte de seu uniforme. Use de preferência chinelos ou sandálias e, ao entrar no tatame, deixe-os do lado de fora voltados para o lado contrário do tatame; o Seus corpos, principalmente seus pés, devem estar limpos antes de entrar no tatame; o Não treine se você tiver ingerido algum tipo de bebida alcóolica ou drogas, a não ser que sejam medicamentos prescritos por um médico; o Entre no dojo com pensamento positivo. Não existe local para pessimismo no dojo; o Anéis, relógios ou outros acessórios não devem ser usados durante o treino, pois podem machucar você ou seu companheiro; o Mascar chiclete ou comer dentro do tatame não é permitido; o Se estiver doente ou exausto, procure repousar ao invés de treinar, pois você pode piorar seu estado; o Não é permitido fumar no dojo; o Não critique ninguém ou outra arte marcial; O JUDOÍSTA DEVE SABER A disciplina é fundamental, pois relaciona com as normas de qualquer academia e também em outros setores da vida. O respeito é indispensável, uma vez que, para treinar e competir depende dos seus colegas, dos superiores hierárquicos ou até como filosofia de vida. A educação é fator importante de disciplina pessoal, uma vez que deve conduzir o atleta à lealdade dentro do JUDÔ. A dedicação é essencial em qualquer modalidade esportiva. Além de depender o treinamento extra ou especial, depende também de algumas regras de alimentação. Existem outros fatores importantes como a força de vontade, desenvolvimento físico e técnico, onde podemos resumir dizendo que sem estes ninguém chega a perfeição. O ESPÍRITO DO JUDÔ • “AQUELE QUE PRATICA O JUDÔ NÃO SE APERFEIÇOA PARA LUTAR, LUTA PARA SE APERFEIÇOAR”. • “CONHECER-SE É DOMINAR-SE, DOMINAR-SE É TRIUNFAR”. • “JUDOCA É O QUE POSSUI: INTELIGÊNCIA PARA COMPREEDER AQUILO QUE LHE ENSINAM; PACIÊNCIA PARA ENSINAR AQUILO QUE APRENDEU AOS SEUS SEMELHANTES, E FÉ PARA ACREDITAR NAQUILO QUE NÃO COMPREENDE”. • “QUEM PENSA EM PERDER JÁ ESTÁ VENCIDO”. • “SOMENTE SE APROXIMA DA PERFEIÇÃO QUEM A PROCURA COM CONSTÂNCIA, COM SABEDORIA E SOBRETUDO COM MUITA HUMILDADE”. • “SABER CADA DIA UM POUCO MAIS E USÁ-LO TODOS OS DIAS PARA O BEM, ESSE É O CAMINHO DOS VERDADEIROS HOMENS”. • “QUANDO VERIFICARES COM TRISTEZA QUE NÃO SABES NADA TERÁS FEITO O PRIMEIRO PROGRESSO NO APRENDIZADO”. • “NUNCA TE ORGULHES DE HAVER VENCIDO UM ADVERSÁRIO: O QUE VENCESTE HOJE, PODERÁ DERROTAR-TE AMANHÃ. A ÚNICA VITÓRIA QUE PERDURA É A QUE SE CONQUISTA SOBRE A PRÓPRIA IGNORÂNCIA”. • “NAS ÁGUAS DO RIO DA VIDA CHEGA MAIS LONGE QUEM NADA COMO DEVE, QUANDO DEVE E ATÉ ONDE DEVE”. • “O CORPO É UMA ARMA CUJA EFICÁCIA DEPENDE DA PRECISÃO COM QUE SE USA A INTELIGÊNCIA”. • “VIVE EM PAZ COM OS TEUS SEMELHANTES”. • “É SOMENTE ATRAVÉS DA AJUDA MÚTUA E DAS CONCESSÕES RECÍPROCAS QUE UM ORGANISMO AGRUPANDO INDIVÍDUOS EM NÚMERO GRANDE OU PEQUENO PODE ENCONTRAR SUA HARMONIA PLENA E REALIZAR VERDADEIROS PROGRESSOS”. • “A SIMPLICIDADE É A CHAVE DE TODA ARTE SUPERIOR, DA VIDA E DO JUDÔ”. • “SUTILEZA NA TÉCNICA E FINURA NA ESTÉTICA SÃO ÚTEIS PARA A EFICÁCIA DA ARTE, MAS ESCAPAM A QUALQUER DESCRIÇÃO”. • “A DERROTA NA COMPETIÇÃO E NO TREINAMENTO NÃO DEVE SER UMA FONTE DE DESÂNIMO OU DE DESESPERO. É SINAL DE NECESSIDADE DE UMA PRÁTICA MAIOR E DE ESFORÇOS REDOBRADOS”. • “O JUDÔ ULTRAPASSOU O ESTÁGIO PRIMITIVO DA UTILIDADE PARA ATINGIR O DE UMA CIÊNCIA E DE UMA ARTE”. • “O JUDÔ NÃO DEVE SER REVESTIDO POR UM RÓTULO NACIONAL, RACIAL, POLÍTICO, PESSOAL OU SECTÁRIO”. • “O JUDÔ PODE SER CONSIDERADO COMO UMA ARTE, OU UMA FILOSOFIA DE EQUILÍBRIO, BEM COMO UM MEIO PARA CULTIVAR O SENTIDO E O ESTADO DE EQUILÍBRIO”. • “O ADVERSÁRIO É UM PARCEIRO NECESSÁRIO AO PROGRESSO; A VIDA DA HUMANIDADE BASEIA-SE NESTE PRINCÍPIO”. • “NÃO SE ENVERGONHE POR CAUSA DE UM ERRO; VOCÊ ESTARIA COMETENDO UMA FALTA”. • “QUANDO SE PERCEBE A POTÊNCIA DO JUDÔ, COMPREENDE-SE QUE NÃO SE PODE USÁ-LO LEVIANAMENTE, POIS ELE PODE SER TÃO PERIGOSO QUANTO UMA ESPADA DESENBAINHADA”. • “A MAIOR GLÓRIA NÃO ESTÁ EM NUNCA CAIRMOS, MAS EM NOS LEVANTAR TODAS AS VEZES QUE CAIRMOS”. • “APRENDA A CONHECER A SÍ MESMO; DOMINAR-SE PARA DEPOIS DOMINAR OS OUTROS”. • “É COM CONSTÂNCIA E HUMILDADE QUE SE VAI CONSEGUINDO A PERFEIÇÃO”. • “A VITÓRIA VEM DA VONTADE DE FAZER TUDO CERTO, DO INÍCIO AO FIM. DE NÃO SE PERMITIR ERROS, DE DAR DE SÍ O MÁXIMO ABSOLUTO”. CÓDIGO MORAL GENTILEZA – É RESPEITAR OS OUTROS CORAGEM - É FAZER O QUE É JUSTO SINCERIDADE – É SE EXPRESSAR SEM OCULTAR SEUS SENTIMENTOS HONRA – É MANTER A PALAVRA MODÉSTIA – É FALAR DE SÍ SEM VAIDADE RESPEITO – SEM RESPEITO NÃO HÁ CONFIANÇA AUTOCONTROLE – É FICAR QUIETO QUANDO A RAIVA AFLORA AMIZADE – É O MAIS PURO DOS SENTIMENTOS HUMANOS O JUDÔ É O BUQUÊ DE TODAS ESSAS FLORES JIGORO KANO SUA BIOGRAFIA, SUA HISTÓRIA: "Não Incitamos à Violência, Mas ensinamos a Sobreviver com educação, respeito ética, moral e filosofia de vida”. Venha fazer Karte Do com quem mais entende do assunto: Grão Mestre Shihan: PEPE 10 Dan, Ju Dan Hanshi (Mestre e professor em diversas artes marciais) 34 Anos de pratica em Artes Marciais, Defesa Pessoal e Filosofia de Vida. Um dos primeiros professores a lecionar Karate Do em Blumenau e diversas cidades e estados do Brasil e Exterior. O Pepe assim como os grandes mestres de okinawa que fundaram o karate Do nas ilhas de Okinawa passou por diversas experiências e aprendizado em três escolas e organizações diferentes do Karate Do no estilo Shorin Ryu. Concluindo aqui que são mais de dez organizações diferentes somente dentro do estilo Shorin Ryu de Okinawa. Alem do Karate Do Shorin Ryu o Shihan Pepe passou por treinamentos especializado de defesa pessoal para crianças, jovens de adultos de ambos os sexos. Pepe passou por varias cidades e estados brasileiros e outras províncias uruguaias, argentinas, paraguaias, bolivianas, peruanas e chilenas onde se dedicou a treinamentos de outras artes marciais como o TaeKwonDo, Kung Fu, Wushu, Wing Chun, Kung Fu Shaolin e KobuDo. Se isso não bastasse o Pepe foi praticante de Judo, Shobudo Ryu, Capoeira, Maculele entre outras como o estudo de diversas armas utilizadas no Kung Fu. O mestre Pepe é simplesmente um dos peritos em artes marciais e fundou seu próprio estilo conhecido por “Te Ashi Do”. O qual não se pode definir apenas como Karate Do, nem como o Kung Fu tradicional. O Te Ashi Do é simplesmente a união de técnicas de diversos estilos de artes marciais que o Shihan deste estilo: “O Mestre Pepi”. Aprendeu e melhorou as técnicas que combinas umas com as outras formam um estilo mais eficaz e polivalente para defesa pessoal, briga de rua e competições de vale tudo. O Pepe tem professores e instrutores do estilo Te Ashi Do espalhados por diversas cidades e estados brasileiros, incluindo Londrina, Cambé, Apucarana, Coritiba, Balneário Camboriú, Itapema, Navegantes, Joinville, Florianópolis, Itapema, São Paulo, SP. Campinas, SP. Presidente Prudente, SP. Rio de Janeiro, RJ. Santa Cruz de La Sierra na Bolívia, Buenos Aires, Rosário e Sam Salvador na Argentina, Corumbá e Campo Grande em Mato Grosso do Sul, MS. Matricula R$ 40, 00 (Quarenta Reais), Mensalidades R$ 60,00 (Sessenta Reais). O Pagamento da matricula e mensalidade deve estar pagos antes do início da primeira aula. Os meses subsequentes serão cobrados sempre entre os dias 01 (PRIMEIRO) e 15 (QUINSE) de dada mês. Lembrando que no Mês de Julho todos pagam a mensalidade normalmente e tem 15 (QUINSE) dias de férias, assim como o “mestre” que aproveita este tempo para viajar e buscar novos conhecimentos, aprendizado e aperfeiçoamento técnico de outras artes marciais. Horários de Treinamento: Segundas, Quartas e Sextas feiras: - Das 06:00 as 07:00 horas da manhã. - Das 09:00 as 10:00 horas da manhã. - Das 15:00 as 16:00 horas da tarde. - Das 16:30 as 17:30 horas da tarde. - Das 18:00 as 19:00 horas da tarde. - Das 19:30 as 20:30 horas da noite. - Das 21:00 as 22:00 horas da noite. Uniforme de treino: Kimono branco tradicional de Karate Do. Vendemos kimono a partir de R$ 100,OO (Cem Reais) Pagamento Avista. Entrega dos quimonos sempre as quartas feiras. Na compra do kimono acompanha a faixa. Em casos que o aluno não pode comprar o kimono de imediato deixamos o aluno fazer dois meses com calça de agasalho preta e camiseta branca sem qualquer marca ou propaganda publicitária e a obrigação de usar a faixa de acordo com a sua categoria. Faixas e kimonos comprados em loja podem sair muito mais caro do que nos vendemos. Exemplo: Nas lojas uma faixa custa em torno de R$ 50,00 Reais. Nós produzimos e vendemos a faixa por apenas R$ 30, OO Reais. Obs.: “Da mesma forma que o kimono nos só entregamos a faixa nas Quartas Feiras”. Calças pretas para treinamento de Te Ahi Do vendemos por R$ 20.00 (Vinte Reais). Camisetas com a logo marca Te Ahi Do custa R$ 40,00 Reais (Camisetas temos em estoque e entregamos na mesma hora do pagamento da compra). Treinamento especial (Todos os Sábados). Todos os Sábados que não houver chuva as aulas serão no parque Parque Ramiro Ruediger - Blumenau – Horário dos treinamentos de sábado das 14:00 as 16:00 horas, sendo que nos sábados serão duas horas de aula e devem estar todos os alunos presentes. Informações: Mestre PePe: Fones: (47)3488-5445, (47)8429-5071, (47)8422-5072. Grandes Mestres do Karate Do no Brasil e no mundo. Goju-ryu criado pelo Mestre Miyagi Chojun Shito-ryu criado pelo Mestre Kenwa Mabuni Shorin-ryu criado pelo Mestre Chochin Chibana Wado-ryu criado pelo Mestre Hironori Otsuka Shotokan-ryu criado pelo Mestre Gishin Funakoshi Te Ashi Do criado pelo Mestre Arno Éder Popper Kyokushin criado pelo Mestre Mas Oyama Yip Man nasceu na cidade de Foshan em 1 de Outubro de 1893 e viria a falecer a 2 de Dezembro de 1972 em Hong Kong, vítima de cancro na garganta. Proveniente duma abastada família de Foshan, o jovem sempre foi educado com base na educação tradicional chinesa. REGULAMENTO INTERNO DA ESCOLA TE-ASHI-DO. Mestre: Arno Éder Pöpper (Pepi - 10ºDan). O presente regulamento contem as diretrizes básicas da Escola Te Ashi Do a serem seguidos e observados pelos alunos. I – CONDIÇÕES DE MATRÍCULA. a) Ler o regulamento interno. b) Conferir e assinar a ficha de matrícula preenchida pelo responsável da academia. c) Quando o candidato for menor de idade, a ficha devera ser abonada pelo tutor legal. d) Apresentar prova de identidade. e) Fazer o pagamento da primeira mensalidade, junto com a matrícula. II – MENSALIDADES E TAXAS. 1) Os pagamentos deverão ser efetuados na secretaria da academia. 2) MENSALIDADES: a) As mensalidades deverão ser pagas antecipadamente. b) As mensalidades com atraso de cinco dias, sofrerão acréscimo de 10% (dez por cento). c) O aluno que deixar vencer duas mensalidades consecutivas, será automaticamente excluído da academia. d) O aluno só poderá cancelar a matricula se estiver em dia com os devidos pagamentos. 3) TAXAS: a) O aluno que quiser fazer exame de faixa, deverá pagar antecipadamente uma taxa de inscrição. b) O valor da taxa de exame de faixa será estipulado na época do exame. c) O atleta que quiser obter o certificado de faixa devera pagar uma taxa para a despesa de impressão. d) O aluno, ou praticante que perder a sua carteira de identificação e quiser obter Segunda via, deverá pagar uma taxa no valor de 30% (trinta porcento) do valor da mensalidade. III – ADMINISTRAÇÃO. a) A academia, ou professor, se reservam o direito de recusar a inscrição de aluno. b) Os dias e horários de treino, assim como seu período de duração, poderão ser alterados pela academia se houver necessidade, mantendo a mesma carga horária. c) Os períodos de ferias serão entre os dias 15 (quinze) de Dezembro, a 15 (quinze) de Janeiro, como também na Segunda quinzena de julho, podendo ser alterado se houver necessidade pôr parte da academia. OBS.: O período de ferias será pago integralmente pêlos alunos e praticantes. d) Queixas, sugestões, pedidos e reivindicações, deverão ser encaminhados a secretaria, ou professor, fora dos horários de aula. REGIME DISCIPLINAR. 1 – Tirar o calçado antes de entrar na academia. 2 – Cumprimentar a sala de treinamento na forma tradicional, na entrada e saída para os treinos. 3 – Cumprimentar instrutor, professor, ou mestre, antes e depois dos treinamentos. 4 – Cumprimentar os companheiros de treinamento, antes e depois de qualquer exercício, ou atividade, dentro ou fora da academia. 5 – Estar pronto e uniformizado, 5 (cinco) minutos antes de iniciar os trabalhos da academia. 6 – O aluno que atrasar-se, não poderá participar dos treinamentos e atividades da academia. 7 – Nas horas de descanso e espera dentro da academia, ou em outros locais de treinamento, os alunos e praticantes deverão sentar-se com as pernas cruzadas. 8 – Não colocar os pés e as mãos nas paredes da academia. 9 – Manter distancia de vidros e espelhos na hora dos treinamentos. 10 – Os alunos e praticantes não poderão treinar com armas fora da academia, salvo na presença do mestre, ou professor responsável. 11- Os alunos ao trocarem de roupas devem deixa-las guardadas em local seguro para evitar perdas e furtos. 12 – Os alunos devem deixar seus objetos de valor em casa. 13 – A academia não se responsabiliza pôr perdas ou extravio de quaisquer objeto. 14 – Os alunos deverão deixar o banheiro e vestiário, sempre em condições de uso. 15 – Os alunos devem conservar seu uniforme limpo. 16 – Não é permitido dobrar as mangas de blusas e kimonos, nem tão pouco a borda das calças em qualquer atividade da academia. 17 – Os alunos e praticantes devem conservar as unhas dos pés, e das mãos, sempre curtas para evitar acidentes. 18 – Manter higiene pessoal, cabelos e barbas sempre cortados. 19 – Não é permitido o uso de gírias e palavreados, dentro da academia. 20 – Não é permitido tocar em objetos e aparelhos de treinos, sem a devida autorização do instrutor ou professor responsável. 21 – Cumprimentar os companheiros de treino, ao entrar e sair da academia. 22 – Não é permitido, beijos, abraços e quaisquer gracinhas nos horários de treinamento, bem como em qualquer dependência da academia. 23 – É rigorosamente proibido a pratica de lutas e kumites, com alunos de categoria abaixo da faixa laranja, salvo na presença do instrutor, professor, ou mestre responsável pela academia. 24 – O aluno que danificar qualquer objeto da academia, devera pagar pela sua reposição. 25 – O aluno que tiver motivos para ausentar-se de treinamentos devera comunicar a secretaria, ou professor, fora dos horários de treinamento. 26 – O aluno que tiver três faltas na folha de chamada, sem comunicar os motivos, será automaticamente desligado da academia. 27 – Nunca; jamais fazer mau uso das técnicas do Te-Ashi-Do. 28 – Não é permitido fumar, ou beber nas dependências da academia. 29 –O aluno que tiver qualquer motivo para sair antes do final dos treinamentos, deverá comunicar a secretaria, ou, a seu professor, antes do inicio das atividades. 30 – Menores de idade só poderão participar de torneios e competições, com a devida anuência dos pais, ou responsável legal. 31 – Todos os praticantes de Te-Ashi-Do devem cumprimentar-se na forma tradicional quando se encontrarem na rua, ou em qualquer outro local. 32 – Os alunos reprovados no exame de faixa serão convocados a um outro teste, em uma data predefinida sem custo de inscrição. 33 – Não é permitido transitar na academia com trajes e vestuário intimo. 34 – Os alunos não podem conversar nos horários de treino. 35 – É proibido falar mau de qualquer outra arte marcial. 36 – Os alunos mais graduados deverão ensinar os mais novos. 37 – Não será permitido o uso de propagandas, insignes e similares nos uniformes de treino. 38 – Os alunos deverão cumprir as regras, rigorosamente. 39 – Os alunos, professores e praticantes acima de faixa preta estarão isentos de mensalidades, exceto as taxas de exames e outras. 40 – Os professores e instrutores de Te-Ashi-Do, mesmo não estando graduados faixa preta ficaram isentos das taxas de mensalidade. 41 – Jamais será permitido que alunos e praticantes faltem com respeito a seus superiores e professores, podendo ser excluído da academia de acordo com o grau da situação. 42 –Os alunos e praticantes deverão cumprimentar a bandeira nacional, antes e depois dos trabalhos dentro da academia. 43 – Não será permitido treinar com pulseiras, colares, anéis ou quaisquer outros objetos similares que possam pôr em risco a saúde própria, ou a de seus companheiros de treino. 44 – Não é permitido levar qualquer material da academia para treinar em casa. 45 – Todos os materiais usados em treino deverão ser colocados de volta no seu local de origem, após o termino do trabalho. 46 – É proibido beber água durante os treinamentos. 47 – É proibido trazer para a academia; livros, revistas e outros que não dizem respeito aos treinos de Te-Ashi-Do. 48- Será obrigatório o uso do uniforme em qualquer local que se pratique o Te-Ashi-Do. 49 – O uniforme de treino é composto de calça preta e camiseta branca, com, ou sem sapatilhas que deverão ser pretas. 50 – As punições para o não cumprimento das regras, podem ser castigos, suspensão, multas, ou a exclusão da academia. Kung Fu - É um sistema de luta desenvolvida na china.Surgiu das observações dos animais. Porém, niguém sabe ao certo quando surgiu.Embora já tenha mais de 2.000 anos, a verdade nele continua novinha porque,vai se adaptando de tempos em tempos como uma arte tradicional. A história do Kung Fu é cheia de muitas lendas e ciladas que tornam qualquer tentativa séria de transmitir uma história compreensiva e puramente factual quase impossível. A principal razão para isto é que a história de uma pessoa é a lenda de outra. Há muito poucas provas documentadas para sustentar qualquer história de Kung Fu, já que a maioria das histórias passam de pai para filho, oralmente, sem qualquer documentação escrita para comprovar. Sendo assim, tentarei cortar muito dos mitos e apresentar um relato claro. Se um relato for puramente lenda, será registrado como tal aqui. OS PRIMORDIOS Os primeiros registros fiéis de Kung Fu foram encontrados em ossos e cascos de tartarugas da dinastia Shang (1766-1122 a.C.), embora acredita-se que o Kung Fu se desenvolveu muito antes disso. Machados de pedra, facas e flechas foram desenterrados do período da China em recentes escavações. Na verdade, Huang-Ti, o terceiro dos Três Imperadores de Outono (embora alguns o considerem o primeiro imperador da China) usava espadas de cobre para o combate. Ch'uan fa, ou estilo do punho, como era chamado o Kung Fu no começo, tornou-se muito popular, quando os guerreiros de Chou da China Ocidental derrotaram o monarca da dinastia Shang em 1122 a.C. Durante o período Chou, uma espécie de luta romana chamada jiaoli foi listada como um esporte militar juntamente com arco e flecha e corrida de carruagens. O período de 770-481 a.C. foi chamado de Era da Primavera e do Outono. Durante esta época, o Kung Fu foi chamado de ch'uan yung, e a arte começou a florescer. O período dos Estados Guerreiros (480-221 a.C.) produziu muitos estrategistas que enfatizavam a importância do Kung Fu na construção de um forte exército. Conforme mencionado no Sun-tzu (Livro das Guerra), "Exercícios de luta romana e ataque fortalecem o físico do guerreiro". Dos notáveis mestres de Kung Fu em luta de espadas naquele tempo, muitos eram mulheres. Uma delas, Yuenu, foi convidada pelo Imperador Goujian, para expor suas teorias sobre a arte de esgrimista. O termo oficial para o Kung Fu naquela época era chi chi wu (os mesmos caracteres que os usados para o jujutsu japônes). As dinastias Ch'in (221-206 a.C.) e Han (206 a.C. - 220 d.C.) presenciaram o crescimento de artes marcias como o shoubo (luta romana) e o jiaodi, uma contenda na qual os participantes se defrontam com chifres de boi nas cabeças. O Kung Fu passou a se chamar chi ch'iao. Várias novas armas foram incorporadas à arte, e o taoísmo começou a influenciar a filosofia de luta. Na dinastia Chin (265-439 d.C.) e nas dinastias do Norte e do Sul (420-581 d.C.), um famoso médico e filósofo taoísta, integrou o Kung Fu com chi kung (execícios respiratórios, também chamados qigong). Suas teorias de poder interior e exterior ainda são respeitadas até hoje. Ge Hong baseou-se muito na pesquisa de seu antecessor Hua T'o, que, durante o período dos Três Reinos (220-265 d.C.), criou um método de movimento e respiração chamado wu chien shi. Este incluía a imitação dos movimentos do pássaro, veado, urso, macaco e tigre. Dizia-se que Hua T'o recebeu ajuda de um sacerdote taoísta chamado Chin Ch'ien. As obras de Hua T'o e Ge Hong foram um marco do desenvolvimento de exercícios de Kung Fu. O seguinte grande desenvolvimento da história do Kung Fu também veio durante as dinastias do Norte e do Sul: a chegada de Bodhidharma. A LENDA DE BODIDHARMA Durante as dinastias do Norte e do Sul, o principal regime começou a atacar a área central da China, e a ordem social foi rompida. Isto criou um crescente interesse no estudo religioso. Em conseqüência, muitas figuras religiosas entraram no país. Uma, em particular, foi Bodhidharma. Bodhidharma é uma figura obscura na história do budismo. As fontes mais fiéis para nosso conhecimento são Biographies of the High Priests (Biografias dos Altos Sacerdotes) do Sacerdote Taoh-suan (654 d.C.) e The Records of the Transmission of the Lamp (Os Registros da Transmissão da Fonte de Luz Espiritual) do Sacerdote Tao-yuan (1004 d.C.). Apesar destas fontes aparentemente autênticas, os modernos estudiosos ou têm sido relutantes em aceitar qualquer versão da existência de Bodhidharma ou afirmam que Bodhidharma é uma lenda. Muitos historiadores budistas, contudo, denominaram Bodhidharma o 28º Patriarca do Budismo, dando provas de sua existência. Bodhidharma (também conhecido como Ta Mo, Dharuma e Daruma Taishi) foi o terceiro filho do Rei Sugandha do sul da Índia, foi um membro dos kshatriya, ou casta guerreira, e passou sua infância em Conjeeveram (também Kanchipuram ou Kancheepuram), a pequena província budista do sul de Madras. Ele recebeu seu treinamento em meditação budista do mestre Prajnatara, que foi responsável pela mudança do nome do jovem discípulo de Bodhitara para Bodhidharma. Bodhidharma foi um excelente discípulo e logo se sobressaiu entre os colegas. Na meia-idade já era considerado um mestre budista. Quando Prajnatara morreu, Bodhidharma zarpou para a China. Duas razões existem para isso: foi um desejo de seu mestre, Prajnatara, no leito de morte; ou Bodhidharma ouviu falar dos religiosos na China e se entristeceu com o declínio da verdadeira filosofia budista lá. Os relatos das atividades de Bodhidharma na China variam consideravelmente. O livro Biografias dos Altos Sacerdotes, de Tao-hsuan, afirma que Bodhidharma chegou à China durante a dinastia Sung (420-479 d.C.) e as dinastias do Norte e do Sul (420-581 d.C.) e mais tarde viajou para o norte para o reino de Wei. Mas a data tradicional dada para a entrada de Bodhidharma, segundo o livro Biografias dos Altos Sacerdotes de Tao-hsuan que foi preciso em colocá-lo no templo Yung-ning em Lo-yang em 520 d.C. O livro ainda afirma posteriormente que um noviço budista chamado Seng-fu juntou-se aos seguidores de Bodhidharma, foi ordenado por Bodhidharma e então viajou para o sul da China, onde morreu com a idade de 61 anos. Um simples cálculo matemático nos diz que se Seng-fu estava de fato com 61 anos em 524 d.C. e possuíra a idade mínima aceitável para ordenação (20 anos), teria estado com 20 anos em 483 d.C., colocando o monge indiano na China mais cedo do que a data tradicional. Uma variação no tema acima, encontrada em Os Resgistros da Transmissão da Fonte de Luz Espiritual, situa Bodhidharma em Cantão em 527 d.C. Após passar algum tempo lá, ele viajou para o norte, encontrando o Imperador Wu da dinastia Liang (502-557 d.C.) em Ching-ling (agora Nanquim). Quando Wu viu Bodhidharma (diz a lenda), ele lhe perguntou: "Eu trouxe as escrituras de seu país para o meu. Construí templos de grande beleza e fiz com que todos abaixo de mim aprendessem as grandes doutrinas budistas. Que recompensas eu receberei na próxima vida por isso?"Bodhidharma replicou: "Nenhuma!" (referindo-se à crença budista de que se você fizer alguma coisa esperando recompensa, pode esperar nada).O rei ficou tão furioso que baniu Bodhidharma do palácio. Bodhidharma novamente se dirigiu para o norte. Viajou para a província Honan atravessando o rio Yuang-tse (diz a lenda) num bambu. Estabeleceu-se no monastério Shaolin (também chamado Sil-lum) no monte Shao-shih nas mostanhas Sung. Depois de chegar ao templo Shaolin, ele meditou em frente a uma parede por nove anos. Em sua meditação, fundou o budismo ch'an. A lenda diz que além de formar o ch'an, Bodhidharma também fundou o Kung Fu. Contudo, vimos que o Kung Fu já existia com muitos nomes diferentes por toda a história da China. É mais provável que, sendo um mosteiro, Shaolin abrigasse muitos fugitivos da justiça, fugitivos que eram também guerreiros hábeis tornavam-se monge

postado por Te Ashi Do, Te-Ashi-Do, TeAshiDo, Arte Marcial Mista: Karate, Karate Do, Kung Fu, Kobudo, Ninjutso, Ninjas. TaeKwonDo, Wushu, Shaolin @ 16:24   0 Comentários Prefeito, prefeita, prefeitura: Blumenau, SC. Ana paula 13 a proxima prefeita de blumenau e de 2012 Por Pepe: Arno Éder Pöpper, Autor do vídeo: Arno Pöpper Neto

lisha trench coat at guess

This Pin was discovered by Maria Eugenia. Discover (and save!) your own Pins on Pinterest.


01.01.1970
Loading...

Related Pictures & Images

Womens Belted Shawl Collar Coat - beige - One Size

Womens Belted Shawl Collar Coat - beige - One Size

Womens Belted Shawl Collar Coat - beige - One Size


20.01.2020 0
May be one of my favorite outfits of all time - pink trench coat that was the perfect shape paired with a silk slip dress underneath and a pair of velvet pink heels

May be one of my favorite outfits of all time - pink trench coat that ...

May be one of my favorite outfits of all time - pink trench coat that was the perfect shape paired with a silk slip dress underneath and a pair of velvet pink heels


02.02.2019 0
 SheIn offers Coffee Lapel Tie Waist Long Sleeve Outerwear & more to fit your fashionable needs.

SheIn offers Coffee Lapel Tie Waist Long Sleeve Outerwear & more to f...

SheIn offers Coffee Lapel Tie Waist Long Sleeve Outerwear & more to fit your fashionable needs.


08.12.2016 0
Love this Burberry trench - black and cream plaid trench coat - possibly the perfect winter coat.

Love this Burberry trench - black and cream plaid trench coat - possib...

Love this Burberry trench - black and cream plaid trench coat - possibly the perfect winter coat.


27.10.2018 0
Missguided Arabela Camel Sleeveless Lightweight Trench Coat - off, found on sale for

Missguided Arabela Camel Sleeveless Lightweight Trench Coat - off, fou...

Missguided Arabela Camel Sleeveless Lightweight Trench Coat - off, found on sale for


08.09.2016 0
10 Creative Ways To Style Plaid Outfits - Resouri

10 Creative Ways To Style Plaid Outfits - Resouri

10 Creative Ways To Style Plaid Outfits - Resouri


08.03.2019 0
40+ Ideas Fashion Outfits Night Grey

40+ Ideas Fashion Outfits Night Grey

Cruise around town while the stars are out, bundled up in your new Night Drive Grey Trench Coat! Soft woven rayon trench coat has an attached sash and storm flap.


23.03.2019 0
 When you need some good old-fashioned snuggling, get the TLC you seek in the time-honored pattern of this black and white cardigan.

When you need some good old-fashioned snuggling, get the TLC you seek...

When you need some good old-fashioned snuggling, get the TLC you seek in the time-honored pattern of this black and white cardigan.


02.02.2020 0
A classic fall staple revamped for a modern touch, this army green sleeveless trench coat is our newest must-have.

A classic fall staple revamped for a modern touch, this army green sle...

A classic fall staple revamped for a modern touch, this army green sleeveless trench coat is our newest must-have.


08.05.2018 0
20 Clothing Essentials For Your College Wardrobe -

20 Clothing Essentials For Your College Wardrobe -

20 Clothing Essentials For Your College Wardrobe -


26.01.2020 0
9 Days of Next-Level Street Style Straight From Paris Fashion Week After weeks on the road, the fashion set touched down in Paris for the final lap of Fashion Month — and they saved their best looks for last.

9 Days of Next-Level Street Style Straight From Paris Fashion Week Aft...

9 Days of Next-Level Street Style Straight From Paris Fashion Week After weeks on the road, the fashion set touched down in Paris for the final lap of Fashion Month — and they saved their best looks for last.


29.05.2019 0
BurdaStyle is a community website for people who sew or would like to learn how.

BurdaStyle is a community website for people who sew or would like to ...

BurdaStyle is a community website for people who sew or would like to learn how.


19.05.2014 0
View all the detailed photos of the Guy Laroche spring / summer 2014 showing at Paris fashion week.

View all the detailed photos of the Guy Laroche spring / summer 2014 s...

View all the detailed photos of the Guy Laroche spring / summer 2014 showing at Paris fashion week.


19.04.2014 0
White And Blush Shopping Chic Outfit Idea by By Kiki

White And Blush Shopping Chic Outfit Idea by By Kiki

White And Blush Shopping Chic Outfit Idea by By Kiki


04.06.2016 0
Play the layer game this season with the MissPap collection of women’s coats and super stylish jackets. Our edit includes bombers, waterfall jackets & more.

Play the layer game this season with the MissPap collection of women...

Play the layer game this season with the MissPap collection of women’s coats and super stylish jackets. Our edit includes bombers, waterfall jackets & more.


06.10.2016 0
Burberry Donegal Tweed And Cotton Gabardine Trench Coat In Natural White/black

Burberry Donegal Tweed And Cotton Gabardine Trench Coat In Natural Whi...

Burberry Donegal Tweed And Cotton Gabardine Trench Coat In Natural White/black


30.01.2020 0
It’s always fun to try new things when it comes to fashion. I personally love trying new looks with my wardrobe because, if I don’t, I feel like I get tired of the same old outfits over and over again. One of the best ways to change up an outfit and make

It’s always fun to try new things when it comes to fashion. I person...

It’s always fun to try new things when it comes to fashion. I personally love trying new looks with my wardrobe because, if I don’t, I feel like I get tired of the same old outfits over and over again. One of the best ways to change up an outfit and make


22.08.2016 5
The complete Ralph Lauren Pre-Fall 2016 fashion show now on Vogue Runway.

The complete Ralph Lauren Pre-Fall 2016 fashion show now on Vogue Runw...

The complete Ralph Lauren Pre-Fall 2016 fashion show now on Vogue Runway.


04.09.2017 0
Kendall Jenner at Bottega Veneta Spring/Summer 2015 Ready-to-Wear during Milan Fashion Week.

Kendall Jenner at Bottega Veneta Spring/Summer 2015 Ready-to-Wear duri...

Kendall Jenner at Bottega Veneta Spring/Summer 2015 Ready-to-Wear during Milan Fashion Week.


13.01.2016 0
مدل انواع پالتو

مدل انواع پالتو

Фотографии на стене Татьяны – Tesettür Mont Modelleri 2020 – Tesettür Modelleri ve Modası 2019 ve 2020


22.10.2019 0